Faça-se a…

Teoria da Evolução, Teoria da Relatividade, Teoria Heliocêntrica, DNA, Big Bang, átomo… Já foram tantas as descobertas da ciência. Fizeram as pessoas perceberem que o mundo não gira em torno do próprio umbigo; que todos somos farinha do mesmo saco; descobriram quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha; revelaram que o mundo pode ser criado em sete dias desde que o tempo seja relativo. Existiria a maior delas? A mãe, master, monster, mega, hiper, super descoberta?
Sei não. Poderia cometer uma infinidade de injustiças se escolhesse uma. Apesar que… Ops. O que é isso acima da minha cabeça? Uma luz acendeu! Tá aí. Eu voto na… lâmpada! Ou melhor, na eletricidade! Afinal, sem ela não existiria este blog que vos fala. E nem uma telinha para ler, um teclado para preencher. Duvida? Imagine como seria São Paulo sem a eletricidade. Não seria. Jamais existira essa megalópole antropofágica e essa piração mágica, meu bem!
Obs.: A eletricidade também poderia ser considerada uma das maiores destruidoras do meio ambiente. A mão que afaga… Bom, deixo essa história para outro post. O importante é refletir. Todas as redes complexas que existem hoje seriam bem diferentes sem ela. Este post faz parte da blogagem coletiva – o nome é auto-explicativo – “Descobertas Científicas”, organizada pelo site Lablogatórios. Veja aqui o que mudou a cabeça de outros blogueiros.

8 comentários em “Faça-se a…”

  1. A lâmpada e a energia elétrica andam de mãos dadas e bem juntinhas.
    O que seria das nossas geladeiras no escuro?
    Acho que ambas estão tão intrinsecamente ligadas que seria difícil tentar separá-las.
    Como diz um conhecido meu: “o que seria da cerveja sem o abridor de garrafas?”

  2. Acho que falar da Lampada, lembra sempre Tomas Edison, mas eu outorgaria o título de descoberta master, a Alessandro Volta, com a invenção da bateria… pois creio que Edison foi quem teve sucesso no primeiro modelo comercial da l^mpada, mas não necessariamente revolucionou a ciencia, mas sim pos a ciencia na roda do uso comum…
    Eu destacaria os seguintes descobridores, antes de lembrar de T. Alva Edison:
    Tales de Mileto (grecia antiga) > observações sobre atração elétrica (palha & ambar)
    William Gilbert (Seculo XVI) > Propriedades do magnetismo, com a primeira aplicação do método científico.
    Henry Cavendish (segunda metade do século 17) > descobertas que levaram à Lei de Ohm e outras…
    Conde Alessandro Giuseppe Antonio Anastasio Volta, descobridor da bateria em 1800.
    Michael Faraday (1831) > indução magnética entre duas bobinas.
    Por último Thomas Edison, em 1879, com a invenção da primeira lâmpada elétrica. Acho injusto lembrar só dele, quando tantos outros deram contribuições mais importantes (em minha opinião). Penso que ele apenas arrematou uma sequencia de descobertas, em um invento de uso prático, comercial.

  3. sera que daqui para domingo pode me responder essas perguntas? 1º qual a importancia da lampada? 2º metodos cientificos de como foi criado a lampada?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.