Quando a ISS poderá ser vista a olho nu

Adoro tudo relativo ao firmamento, ao espaço, aos astronautas. “O astronauta ao menos viu que a Terra é toda azul, amor. Isso é bom saber, porque é bom morar no azul”, cantarolou o encantador mor de mulheres, meu ex-passado futuro marido Vinicius de Moraes. Assim, descobri quando nós, brasileiros, poderemos ver a Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês) a olho nu.
Deixe me conferir na minha bola de cristal… será… domingão, 23 de novembro, entre as 4:49h e 4:52h da matina. Duvide o dó que irei levantar para ver, mas a idéia é interessante. Para descobrir quais outros dias será possível dar tchauzinho para os astronautas, clique aqui. Sei que o site é complicado de entender. Dica: quanto mais baixo ou mais negativo estiverem os números da primeira coluna, mais a ISS estará visível no Brasil.
Outro site bem divertido é este aqui. Ele acompanha os satélites que você escolher! Logo ao abrir o site, aparece a rota da ISS acoplada – que termo mais pornográfico – ao ônibus espacial. Por isso o desenho doonibuzinho e seu trajeto em vermelho. Ao lado direito estão as informações como a velocidade da ISS. Enquanto escrevo esse texto, ela está a 7,3 km/s! Para ter uma idéia do quanto isso é rápido, para atravessar o Oceano Atlântico o avião voa a 800 km/h. O satélite corre por segundo!
Esses sites foram mostrados pelo Murilo – como prometido, cito a fonte – que trabalha comigo e também adora o tema.
Aliás, quero aproveitar o ensejo para lançar uma campanha. Você quer ajudar alguém, mas não sabe como? Eu tenho a solução! Mande a Isis para o espaço e faça uma menina feliz! Li por aí que uma viagem espacial – uma voltinha fora da Terra – pode sair por até 200 mil dólares. Vai, uma bagatela. Cada um dá o quanto pode. Aceito qualquer quantia, desde centavos até milhões. Se você é meu amigo, quer me ver feliz. Se não gosta de mim, quer me ver longe, certo? O espaço é o bastante!

Um comentário em “Quando a ISS poderá ser vista a olho nu”

  1. Já tive a oportunidade de ver a ISS é… diferente. Uma experiência. Ouvi por aí que ver a terra do espaço é uma experiência socialista (ou seria comunista?). O contrário também tem grande valor: dá pra ficar imaginando aquela magnífica obra de engenharia, aquele seleto grupo de pessoas e, de quebra, ter uma idéia da solidão que aquilo não deve ser.
    Só vou salientar – desculpa, Isis, não me seguro – que é importante que quem quiser ver a estação precisa ter noção de localização (saber dizer onde fica o norte no local onde você estiver ajuda MUITO). Isso porque a estação fica no céu por curtíssimo tempo, o que significa que não dá pra bobear procurando.
    E, claro, principalmente pra quem estiver numa cidade grande (os dados do link da Isis valem pra São Paulo, quem estiver em outra cidade eles podem não valer, dependendo da distância, etc. etc.): tenha certeza de que o local aproximado onde a estação espacial aparecerá não estará escondido atrás de prédios, árvores, etc.
    Bão, chega, o comentário tá gigante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *