Quem tirou as cadeiras da Lua?

Esse cometa Lulin me levou de volta ao passado. Falar de acontecimentos astronômicos é lembrar da minha infância. Tenho parentes que moram no interior de São Paulo. Além de músico – outra paixão da minha família -, um era astrônomo amador.

Vários finais de semana dos meus cinco e seis anos passei por lá. Adorava. Nós montávamos a luneta para ver o Sol durante o dia e os astros à noite. Certa vez, estava ansiosa. As constelações eu observava com maestria. Mas me perguntaram: “Está vendo as crateras da Lua?”.

E eu sabia o que era cratera? Não. Naquela cabeça doidinha de criança, traduzi como “cadeiras”. E lá estava eu procurando as cadeiras da lua. Me perguntava: “Quem deixaria cadeiras na Lua? Qual o propósito? Então, cadê a mesa?”

Todos estavam tão felizes com a menininha descobrindo o universo, que fiquei com vergonha de dizer que lá não tinha cadeira nenhuma. Droga. Mesmo assim, vi. Vi as crateras na Lua.

Só que as cadeiras continuam uma incógnita!

8 comentários em “Quem tirou as cadeiras da Lua?”

  1. Poxa, hoje voce me tomou tempo mocinha… além de ler os posts atrasados, puxei recordações carnavalesco-cientificas, e a imaginação pra cima das cadeiras da lua… hehehe… ..o que gosto quando ouço crianças conversando, é a criatividade para explicar coisas que quando crescerem explicarõ de forma tão careta… 🙁 … .. Cria-atividades…

  2. do jeito que as experiências no espaço são doidas (coisas como jogar bumerangue, jogar uma pastilha efervescente na água), logo logo alguém resolve levar uma cadeira pra lua… ai vc poderá curar tal ferida!

  3. A lua me traz várias recordações. Tantas histórias mágicas e misteriosas que nunca tinham respostas. E quando resolvia perguntar para alguém mais velho piorava: apesar de saberem não conseguiam fazer a pequena mente entender. Restaram as dúvidas.
    Abraço,
    Búfalo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *