Cooper pela superfície solar

“Já caminhei pela superfície do Sol”, o Dr. Manhattan disse algo parecido no filme Watchmen – que, além do nome, tem referências engraçadinhas aos deuses egípcios e à história dos EUA. Acordei, literalmente, pensando nessa idéia.
Dá até falta de ar. Imagine que negro seria caminhar pela nossa estrela? Naquela imensidão? Vastidão? Entre aquelas labaredas quentes sem sentir o calor? Como seria seu núcleo? Preto com rachaduras vermelhas?
Enfim, este é um post viagem para filosofarmos juntos. Depois publicarei referência ao que interessa e a novidade. Aguarde notícias direto de Marte. Agora preciso correr contra Cronos.
Fonte foto: NASA.

3 comentários em “Cooper pela superfície solar”

  1. Bah, to loco pra ver Watchmen, pra quem curte quadrinhos adultos (não pornográficos), a linha Vertigo da DC é ótima.. ultimamente tenho lido Sandman, vale uma espiada para viajar um pouco…

  2. Tem um filme fim da fila B que é “O homem que derreteu”. Conta a história de uma nave que chegou muito próximo do Sol e caiu na Terra. Um astronauta sobreviveu, mas houve uma alteração, o corpo dele estava derretendo!….Então, por onde passava, ia deixando restos. É um filme do fundo do latão do lixo.
    [off topic]. viu que a Folha abriu concurso para repórter de saúde/equilíbrio?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.