Arqueólogos encontram painéis raros na maior cidade maia do mundo

Machu Picchu é coisa do passado… Esses dias estava conversando com amigos que visitaram a cidade inca localizada no Peru. Eles contavam como era impressionante andar entre as “ruas” e “alamedas” fincadas nas montanhas. Mas… existe uma outra cidade da civilização pré-colombiana que está encantando completamente os pesquisadores… Ela se chama “El Mirador”.
Localizada na Guatemala, foi descoberta em 1926. Diferentemente de Machu Picchu, vista em 1911 pelo norte americano Hiram Bingham, a “El Mirador” desde então é estudada por cientistas. Dizem que Machu Picchu foi “limpada” – explorada – por pessoas das comunidades locais coordenadas pelo Bingham. O que tira um pouco do brilho científico da nova sétima maravilha do mundo.
Atualmente, as escavações no “El Mirador” – que possui 2 mil km² – estão aos poucos despindo e desvendando a maior cidade da civilização maia. Agora, arqueólogos descobriram dois raros painéis de estuque gravados com figuras da mitologia maia. “Uma descoberta tão impressionante como descobrir a Mona Lisa”, disseram.
Com oito metros de comprimento, mostram monstros cósmicos, serpentes e deuses. Devem ter sido feitos cerca de 200 a.C. Essa é a primeira vez que foram encontradas imagens das personagens principais da lenda maia Popol Vuh esculpidas em gesso. Para ver o tal painel em vídeo, clique aqui no site Euronews.
Explicando: A civilização maia foi a primeira a se consolidar como um império. Atingiu o auge, do México à Guatemala, no final do século IX. Na América do Sul, a partir do século XV, os incas 15 se expandiram. Quando os espanhóis chegaram, dominavam desde o norte do Equador à região central do Chile.
Dúvidas sobre o Calendário Maia? Leia aqui.

4 comentários em “Arqueólogos encontram painéis raros na maior cidade maia do mundo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *