Borboletas do Paraná: risco de extinção

borboleta.jpgTenho receio de dizer que o Paraná está repleto de borboletas. Medo de incentivar a caça dessas encantadoras criaturas. Então, evitarei muitos detalhes sobre as infindáveis espécies que vi e não direi os locais mais frequentados por elas.
Como minha máquina digital está chegando ao final da sua intensa vida, foi difícil fotografar as belíssimas borboletas. Mas não poderia deixar de registrar a espécie acima. Que bichinho mais maravilhoso. Ela é pink com rococós pretos e brancos! Quando abre as asas, a cor rosa se revela completamente!
Sabe qual o nome popular desse inseto? 88. Dispensa explicações… Cientificamente, ela é chamada de Diaethria clymena (Cr). Essa espécie é pequena, encontrada no Cerrado e na Mata Atlântica. A envergadura das asas possui, em média, seis centímetros. E ela gosta de locais abertos e iluminados. Se alimenta dos frutos caídos das árvores.
Outra borboleta que não conhecia era a Azulão-branco (Morpho Athena). Ela é grande, a envergadura das asas pode atingir até 14, 5 centímetros. Voando ao longe, aparenta ser branca. Porém, ao chegar perto, percebemos que reflete a cor azul clara. A Azulão-branco vive em regiões com altitudes superiores a 1.500 metros e se alimenta de frutos maduros.
Enquanto fazia trilhas, me deparava com borboletas na cor azul metálica. Não consegui distinguir qual a espécie. Elas eram “gigantes” e mais inquietas. De acordo com Museu Nacional do Rio de Janeiro, as borboletas de coloração azul metálica eram usadas como adorno por muitos povos nativos brasileiros, pois representavam a força da natureza.
Agora, segundo o Museu, a maioria dessas lepidópteras – borboletas adultas com quatro asas, largas ou em forma de lança, comumente recobertas com escamas e brilhantemente coloridas – estão em risco de extinção. A culpa é da destruição de seus habitats e das coletas indiscriminadas.
Obs.: Clique nos links para saber mais sobre essas espécies. E dê um Google Imagens!

6 comentários em “Borboletas do Paraná: risco de extinção”

  1. Nossa, Isis!! Que coisa mais linda!!
    E obrigada pelo post inspirador!! Ainda mais agora que eu acabo de completar mais uma primavera e estou no meu exato momento de levantar novo vôo!! No exato momento de renovar!!
    Que eu, assim como tu, voe longe e possa ver ainda mais borboletas “fantasiadas” e coloridas por aí! Voando e pousando onde bem entendem, inclusive nas nossas mãos por alguns instantes!
    beijo grande
    εïз Dani εïз

  2. Oi Isis,
    Que fotos lindas! Sempre fui apaixonado por borboletas. Na minha infância ficava maravilhado com azuis muito grandes cujas asas tinham contornos pretos.
    Faz tempo que não vejo.
    Roberto

  3. Se algum dia um de vocês visitar México,recomendo que visite o “Santuario de las mariposas”, em Michoacan,tem que ir até um povoado chamado “Donato Guerra” e ai contratar um guia até o lugar donde estão milhares de borboletas Monarca, é um verdadeiro espetácular,elas vem desde o Canada, para este encantador bosque de pinheiros,se partir da Cidade de México(Capital),vaia pela estrada de Valle del Bravo, que tem encantadoras paisagens.Outros lugares interessantes;Borboletário perto de Campinas,Borboletário em San José (Costa Rica)e o principal Borboletário de Flórida al norte de Miami.
    Alguem sabe como se comunicam as borboletas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *