Bola de cristal: veja o futuro da ciência até 2030

O Centro de Gestão e Estudos Estratégicos do Ministério da Ciência e Tecnologia (CGEE/MCT) produziu uma linha do tempo com previsões de avanços na ciência, tecnologia e inovação até 2030. A linha não é das mais atraentes visualmente, mas deveras interessante porque os dados são acompanhados das fontes!
A base de dados prevê, por exemplo, que as baterias de celular durarão dois meses entre uma recarga e outra em 2012. Em 2027, o número de mulheres nas universidades deve superar o dos homens – he he.
Segundo o site, no ano de 2020, o Brasil perderá R$ 7,4 bilhões em safras de grãos por causa do aquecimento global. Ainda assim, em 2030, a demanda por petróleo no mundo continuará alta, em particular no setor de aviação.
O horizonte temporal da sucessão de eventos previstos é de 2009 a 2030. A abrangência espacial é definida pelas dimensões nacionais e internacionais de observação. Xerete aqui.

Um comentário em “Bola de cristal: veja o futuro da ciência até 2030”

  1. Muito interessante, mas tem coisas que não bate ou fica confuso! Se a nanotecnologia será tão ativa na medicina, transplantes de órgãos até envolvendo animais porque o câncer de pulmão será ainda um fator principal de morte perto de 2030? e porque a espectativa de vida não aumentará demasiadamente extrapolando o senso convencional?
    Parece que algumas previsões não foram comparadas com outras, mas é um ótimo link e a culpa não é sua! ehehhe
    beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *