O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde tem mantido um portal que agrega informação sobre o H1N1, de artigos em periódicos a posts em blogs, que dizem respeito a agentes de saúde, especialistas e público leigo, complementando o trabalho da OPAS (Organização Panamericana de Saúde) e OMS (Organização Mundial de Saúde).

Agora, em uma iniciativa exemplar, eles criaram um blog sobre H1N1 do qual tenho o prazer de participar. A idéia é tratar no blog de informação sobre Influenza de maneira diferente, discutindo idéias, conceitos e fatos sobre a gripe que guiam nossas decisões, e não apenas relatar o que está acontecendo. Eis aqui um trecho do primeiro texto do blog, sobre a dificuldade de produzirmos remédios antivirais:

blog_h1n1.jpg

Vírus são parasitas intracelulares obrigatórios. Isso quer dizer
que, precisam estar dentro de uma célula para poderem se reproduzir.
Eles não são capazes de realizar metabolismo, precisam cooptar o  da
célula para si. Já as bactérias, por mais que parasitem outros
organismos, possuem um metabolismo próprio. É nessa diferença que
reside o segredo dos antibióticos.

Como somos bem diferentes das bactérias, elas possuem muitas moléculas diferentes que são alvos de antibióticos. A penicilina,
por exemplo, ataca os peptideoglicanos da parede celular bacteriana.
Não existe nada parecido em nosso corpo, assim a penicilina pode atacar
as bactérias sem nos atingir.

Já no caso dos vírus, a situação é mais complicada. Como eles quase
sempre utilizam nossas moléculas, atacá-las é garantia de graves
efeitos colaterais. Problema parecido se apresenta quando tentamos
combater tumores, como são nossas células crescendo descontroladamente,
é muito difícil de atacá-los sem prejudicar células saudáveis. Nos
resta buscar algo de único dos vírus e atacar o que não deve nos
atingir. Os primeiros alvos são as enzimas.

Continue lendo por lá!

Então fica o recado: acessem o blog, divulguem e apoiem a iniciativa. Comentários e sugestões são mais do que bem-vindos. 

Skip to content