A parte do leão

Quem ganha menos, paga mais imposto?

O Imposto de Renda é um tributo federal cobrado sobre o que você ganha. Ou seja, um valor descontado sobre os rendimentos de trabalhadores e empresas.

A coleção do M³ dispõe de um material sobre esse tema, que envolve não só a matemática financeira, como também o conteúdo de funções definidas por partes. Entenda melhor como a cobrança mensal desse imposto funciona, através do vídeo A parte do leão, até o minuto 6:44:

Errata: Em 8:43 divide-se por 1000, não por 100 apenas.

Trouxemos aqui valores reais e atualizados das alíquotas de contribuição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física), que aumentam quanto maior for o salário:

Base de cálculo (R$)Alíquota (%)Parcela a deduzir do imposto
Até 1.903,98isentoisento
De 1.903,99 até 2.826,657,5%R$142,80
De 2.826,66 até 3.751,0515%R$354,80
De 3.751,06 até 4.664,6822,5%R$636,13
Acima de 4.664,6827,5%R$869,36

Anualmente os rendimentos e também algumas despesas devem ser declarados, como gastos com educação, saúde, previdência social… para que o Leão – mascote do IR – avalie se o que ele cobrou de você mensalmente é, realmente, o que você precisaria pagar.

Isso porque existem também os impostos indiretos: taxações repassadas ao consumidor sobre compras de produtos ou serviços. Essas, não têm alíquotas fixas, e sim variam de acordo com a mercadoria, seguindo uma lógica de menor cobrança para itens básicos e mais amplamente consumidos, como arroz e feijão, e taxas mais altas para produtos considerados de luxo ou nocivos para a saúde e para o meio ambiente.

Como esses impostos não levam em conta quanto a pessoa ganha, apenas o quanto ela consome, uma pessoa que recebe menos pode pagar mais impostos. Confira no vídeo, a partir do minuto 6:44, a explicação e um exemplo para esse fato.

Veja algumas alíquotas de impostos em produtos alimentares, de saúde, eletrodomésticos, serviços:

Alimentos e bebidas
Itens de uso pessoal e entretenimento
Itens de saúde
Itens de casa
Pão Francês16,86%Teatro e cinema20,85%Medicamentos de uso humano33,87%Geladeira46,21%
Arroz17,24%Perfume importado78,99%Óculos (lentes de vidro)45,31%Micro-ondas59,37%
Feijão17,24%Pilhas/Baterias51,80%Preservativo18,75%Cimento30,05%
Pizza36,54%Roupas34,67%Seringa29,92%Conta de água24,02%
Cerveja garrafa42,69%Relógio56,14%Termômetro38,93%Conta de luz48,28%

A abordagem do vídeo encaixa bem com uma habilidade da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) para o Ensino Médio:

(EM13MAT404) Analisar funções definidas por uma ou mais sentenças (tabela do Imposto de Renda, contas de luz, água, gás etc.), em suas representações algébrica e gráfica, identificando domínios de validade, imagem, crescimento e decrescimento, e convertendo essas representações de uma para outra, com ou sem apoio de tecnologias digitais.

Se interessou em utilizar o recurso com os alunos? O guia do professor desse material conta com explicações e sugestões de atividades. Abaixo está o link para o recurso completo.

https://m3.ime.unicamp.br/recursos/1153

Se gostou, tem alguma dúvida ou crítica, poste nos comentários, ficaremos felizes em respondê-los.

Imagem de capa extraída de “imposto de renda” by jeso.carneiro is licensed under CC BY-NC 2.0

Autora: Letícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *