O oceano impacta a cultura e a vida de todos nós, mesmo daqueles que vivem longe do mar ou mesmo que jamais puseram seus pés na areia ou experimentaram a água salgada nos lábios e seus efeitos nos cabelos e na pele. Nossa seção Marcas d’Água homenageia brasileiras e brasileiros cujas vidas são marcadas pelo gigante azul de formas bastante distintas.

Já são mais de duas dezenas de depoimentos nas vozes de cientistas, pescador, poeta, velejador, comandante da marinha, surfista, estudantes, advogada, que moram em Sergipe, Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Recife, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pará e Minas Gerais.

Depoimentos

Crescendo, o esporte que lindo, que é o surf me abençoou também com a oportunidade de entender a importância da natureza, de sua preservação para que a gente consiga viver bem como humanidade”. Pedro Henrique de Cristo é paraibano, professor universitário e mora no Rio de Janeiro.

Nosso desejo é amplificar as vozes, sensibilizar o público e estreitar os laços com colaborações vindas de todos os cantos do Brasil. Participe você também!

Se quiser nos enviar um depoimento, envie comentário abaixo ou para o email blogumoceano@gmail.com respondendo à seguinte questão “como o oceano impacta minha vida?”. A seguir, algumas dicas:

  • O áudio deve ter até 60 segundos;
  • Não precisa se apresentar no áudio, pois a postagem será composta pela transcrição de sua fala e por um breve perfil do depoente (nome, cidade, profissão ou atividade principal, idade (para quem quiser informar);
  • O áudio deve ser acompanhado por uma foto do depoente, de preferência próximo ao mar, a um rio, barco, praia, cachoeira, sempre que possível;

“A primeira vez que eu vi o oceano azul, transparente, envolvente, com corais e tudo o mais, tem uns dez anos, não faz muito tempo. Contudo, eu comecei a entender que o oceano está comigo há muito mais tempo”, Raqueline Cristina Pereira Monteiro é oceanógrafa e mora em Belém do Pará (PA).

O Marcas d’Água é fruto de inspiração no projeto “Janelas da Pandemia” (@janelasdapandemia), de autoria do jornalista Eduardo Carvalho (@educarvalho). O Janelas reúne depoimentos sobre como a pandemia tocou nossas vidas de formas distintas e conta com mais de 150 depoimentos de várias partes do país.

Acesse o mapa para visualizar os locais de alcance da seção.


Germana Barata

Jornalista de ciência, mestre e doutora em história social. É pesquisadora do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade (Nudecri) da Unicamp e editora dos blogs Ciência em Revista e Um Oceano.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content