Bat-Batman ou Batman-bat?

Que tal uma discussão sobre conjuntos e subconjuntos? São conceitos interessantes visto a possibilidade de generalizá-los em outros aspectos do dia a dia. Sua definição é bastante simples, um conjunto é uma coleção de elementos, enquanto um subconjunto é uma coleção de elementos dentro de outra coleção de elementos. Por exemplo, este blog é uma coleção dos elementos posts e páginas. Os posts formam um subconjunto do blog.

Este raciocínio pode ser estendido a aspectos mais variados, por exemplo o conjunto das palavras do idioma português, dentro deste, temos os subconjuntos dos verbos, dos adjetivos, dos pronomes, das preposições. Se algo pertence ao subconjunto então também pertence ao conjunto. Assim verbos não são preposições, mas verbos são palavras, da mesma forma que preposições não são verbos mas preposições são palavras.

Podemos também ter vários níveis de subconjuntos disjuntos, por exemplo na biologia, o cachorro doméstico pertence ao conjunto dos Canídeos, que pertence ao conjunto dos Mamíferos que pertence ao conjunto do Reino Animal. O lobo apesar de não pertencer ao conjunto do cachorro doméstico, pertence assim como o cachorro doméstico ao conjunto dos Canídeos. O gato apesar de não pertencer ao conjunto dos Canídeos, pertence ao conjunto dos Mamíferos. O pinguim apesar de não pertencer ao conjunto dos Mamíferos, pertence ao conjunto do Reino Animal.

São relações que podemos construir a partir de aspectos diversos e singulares, como por exemplo o conjunto dos animais voadores. O falcão pertence ao conjunto dos animais voadores, porém nem toda ave pertence a este conjunto. Da mesma forma que o morcego pertence ao conjunto dos animais voadores, mas não é uma ave. O conjunto das aves e dos mamíferos é disjunto, ou seja, não compartilham nenhum elemento que seja mamífero e ave. Dessa forma, o conjunto dos animais voadores teme elementos do conjunto das aves e dos mamíferos, mas ambos possuem intersecção vazia, dado que nenhum elemento está ao mesmo tempo no conjunto dos mamíferos e das aves.

Em um episódio de The Big Bang Theory (temporada 9, episódio 21, O Partido da Visão de Combustão), discutem sobre o termo Batman ser utilizado para um ser humano que se veste de morcego, e o termo na mesma sequência de histórias em quadrinho, Man-bat ser utilizado para um ser humano que virou um morcego. E então seguem o raciocínio para qual deveria ser o termo caso Man-bat se vestisse de morcego? Se organizarmos este problema em diagramas de conjuntos, obteremos uma situação como a figura abaixo. Na qual o termo bat surge antes do nome caso o sujeito se vista de morcego.

Outras análises podem ser realizadas, mas são de difícil representação a partir de diagramas de conjuntos. Tentaremos fazer de modo mais descritivo:

Regras de nomeação:

Ser morcego

Bat

Ser humano

Man

Vestir-se de morcego

Inserir Bat antes do nome

Vestir-se de humano

Inserir Man antes do nome

Virar morcego

Inserir -bat após o nome

Virar humano

Inserir -man após o nome

Com estas regras de sintaxe, definimos 16 casos iniciais deriváveis de suas combinações, conforme enuncio abaixo:

  1. Morcego que virou humano: Bat-man;

  2. Morcego que virou morcego: Bat-bat;

  3. Morcego que veste-se de humano: Manbat;

  4. Morcego que veste-se de morcego: Batbat;

  5. Morcego que virou humano e veste-se de humano: Manbat-man;

  6. Morcego que virou humano e veste-se de morcego: Batbat-man;

  7. Morcego que virou morcego e veste-se de morcego: Batbat-bat;

  8. Morcego que virou morcego e veste-se de humano: Manbat-bat.

  9. Humano que virou humano: Man-man;

  10. Humano que virou morcego: Man-bat;

  11. Humano que veste-se de humano: Manman;

  12. Humano que veste-se de morcego: Batman;

  13. Humano que virou humano e veste-se de humano: Manman-man;

  14. Humano que virou humano e veste-se de morcego: Batman-man;

  15. Humano que virou morcego e veste-se de morcego: Batman-bat;

  16. Humano que virou morcego e veste-se de humano: Manman-bat.


Como referenciar este conteúdo em formato ABNT (baseado na norma NBR 6023/2018):

SILVA, Marcos Henrique de Paula Dias da. Bat-Batman ou Batman-bat?. In: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Zero – Blog de Ciência da Unicamp. Volume 3. Ed. 1. 1º semestre de 2020. Campinas, 20 abr. 2020. Disponível em: https://www.blogs.unicamp.br/zero/1974/. Acesso em: <data-de-hoje>.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content