Carolina Medeiros

Identificada nova variação de febre maculosa (V.4,N.8,2018)

Este ano, as regiões de Campinas e Piracicaba (SP) já registraram a morte de 19 pessoas por febre maculosa. O número corresponde à 54% dos casos da doença no estado, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica da região. Em 2017, no Brasil, foram registrados...

É possível retomar o controle econômico do país? (V. 3, N. 5, 2017)

Entre os anos de 2003 e 2013, a economia brasileira conheceu um modelo de desenvolvimento composto por um conjunto de programas econômicos e sociais, elevação do salário mínimo, ampliação das aposentadorias, expansão da educação e dos serviços de saúde, amplos investimentos em infraestruturas e outros...

Os impactos físicos e psicológicos da publicidade infantil (V.3, N.3, 2017)

 A criança brasileira passa uma média de 5h35min por dia em frente à televisão, e 77% das crianças e adolescentes são usuários da internet, dados que as deixam expostas a grande quantidade de publicidade. O estudo “A regulação da publicidade de alimentos e bebidas não alcoólicas para...

Internacionalização para além dos artigos em inglês (V.3, N.3, 2017)

As revistas de psicologia brasileiras, na última década, adotaram um novo compromisso com seus leitores: investir na internacionalização. A prova disso é que resumos, títulos e materiais suplementares dos artigos agora são publicados também em inglês. Porém, para Chris Fradkin, professor de psicologia da Universidade da...

Brasil reduz taxa de mortalidade neonatal em 15 anos, mas fica longe das metas (V.3, N. 1, 2017)

Nos últimos 15 anos o Brasil conseguiu reduzir as taxas de mortalidade infantil e neonatal, porém, não atingiu a meta de diminuir a mortalidade infantil, como havia sido proposto pelos Objetivos do Milênio para 2015. Os índices de mortalidade materna ficaram ainda mais distantes dos Objetivos. Estes...

Ranking SciELO – Top 10 revistas com mais acessos (V.2, N. 10, 2016)

Neste post apresentamos as dez revistas científicas brasileiras de maior acesso por área do conhecimento. Até 2015, publicamos rankings das revistas com maior acesso no SciELO (base de dados brasileira que indexa revistas científicas de 15 países), sem diferenciar por áreas, o que acabava destacando as...

Skip to content