V.4, N.9, 2018

O compromisso político de fazer ciência no Brasil hoje (V.4, N.9, 2018)

Hoje o dia amanheceu chuvoso em muitas cidades, e aqui em Roma também. Andando pelas ruas, reparei em quantas pessoas carregavam seus guarda-chuvas. Não pude evitar o pensamento: nenhuma delas estava com medo de levar um tiro e morrer por causa do que carregavam. Esse...

Nada sobre nós sem nós” ou pelo direito de representar nós mesmas (V.4, N.9, 2018)

Desde o final do século XX se inscreveram na memória social outros sentidos possíveis para prostituição. Ressignificações trabalhistas, feministas e de luta coletiva dos trabalhadores organizados abalaram antigas certezas vitimistas e resgatistas por meio da enunciação das próprias pessoas que se prostituem, realizadas no singular...

O camelo pelo buraco da agulha e outras histórias estranhas de tradução, por Stant Litore (tradução Jacqueline Plaça) (V.4, N.9, 2018)

A tradução de textos literários já foi assunto aqui no blog algumas vezes[1]. É um tema que merece nossa atenção porque, além de ser um trabalho bastante atencioso e exaustivo por parte de quem se propõe a fazê-lo (e que merece nosso reconhecimento por isso),...

8 – eleições 2018: propostas dos presidenciáveis em relação ao cenário energético (V.4, N.9, 2018)

Eleições 2018. Este é um texto especial considerando as eleições que já estão acontecendo e que estamos cada vez mais próximos de decidir o futuro presidente do Brasil de 2019 a 2022. Basicamente, é um levantamento das principais propostas dos candidatos em relação ao cenário...

[Opinião] o limite entre o comodismo e a arte da apreciação (V.4, N.9, 2018)

Mais um dia estacionei meu carro no gramado atrás do laboratório em que faço meu doutorado. Em uma fração de segundos uma dúvida apareceu na minha cabeça: depois de seis anos no mesmo lugar, eu estou acomodado? E nos minutos seguintes precisei ficar dentro do...

Motivação entre a ciência e a política V.4, N.9, 2018

O papel da ciência na sociedade atual vai além de gerar novas tecnologias. Apesar de bem vinda, a busca por inovação – palavra tão exaltada e incensada – nas áreas produtivas não pode ser o único motivo pelo qual a ciência existe. Fabricar celulares e...