proporcionalidade inversa

Maldita matemática, mal posso ver seus movimentos!

Eis que você desiste da matemática, é algo complicado e que parece não ter sentido para a vida… podemos viver bem sem ela. Em vez disso, você decide se dedicar à fotografia. É divertido, você “congela” momentos no tempo e espaço, parece mágico e inspirador.

Maldita matemática, mal posso ver seus movimentos! (V.8, N.1, 2022)

Eis que você desiste da matemática, é algo complicado e que parece não ter sentido para a vida… podemos viver bem sem ela. Em vez disso, você decide se dedicar à fotografia. É divertido, você “congela” momentos no tempo e espaço, parece mágico e inspirador.

Skip to content