Você já provou um café virtual?

MÃO SEGURANDO COPO COM GRÃOS DE CAFÉ

São incontestáveis as transformações e os impactos que a internet, as redes sociais e os smartphones impuseram ao mundo moderno. 

O setor agrícola, mola propulsora da economia brasileira, passou a adotar essas tecnologias em seu cotidiano. Alguns sistemas agroindustriais, como o do café, souberam aproveitar as inovações para estabelecer uma comunicação entre atores, segmentos e instituições.

O conhecimento e a informação passaram a ser vistos como bens de produção extremamente relevantes para o setor cafeeiro.

Em um passado não tão distante, quem detinha a informação eram as empresas, instituições ou pessoas que investiam em buscá-la. Mantinham-se na liderança aqueles que conseguiam deter esse conhecimento e usá-lo a seu favor, em momento oportuno.

A internet alterou parte desse panorama, uma vez que possibilitou a quebra de barreiras físicas, econômicas, geográficas e até temporais.

As informações que antes eram restritas a um seleto público, hoje encontram-se disponíveis para todos todos, favorecendo a democratização do conhecimento.

A Rede Social do Café

A Rede Social do Café (RSC) foi criada em 2006. Falar em Redes Sociais nessa época, período anterior à explosão do Facebook, Twitter e Instagram, era inovador.

Em quatorze anos a RSC chegou a marca de mais de 22 milhões de acessos, em diversos países, em cerca de 58 mil diferentes tópicos relacionados à atividade cafeeira.

Trata-se de boa parte da história recente dos Cafés do Brasil, que se encontra digitalmente disponível àqueles que tiverem interesse.

A RSC passou a ser considerada uma revolução no modelo de comunicação entre os diversos agentes que compõe os segmentos do agronegócio café.

Ela tem permitido uma troca dinâmica de informações que visam incentivar a incorporação das tecnologias geradas pela pesquisa e colocar a cadeia produtiva do café dentro do moderno contexto da sociedade da informação.

Grupos de Whatsapp do café 

O Brasil já superou a marca de um smartphone por habitante, ou seja, contamos com mais de 220 milhões de celulares ativos. Esse é o principal meio utilizado para acesso à internet, um indicativo de que as tecnologias móveis estão inseridas no cotidiano do brasileiro.

Os aplicativos como o WhatsApp são facilitadores de comunicação, permitindo que seus usuários troquem mensagens, compartilhem fotos, vídeos e documentos, de maneira instantânea. Além de possibilitar a realização de chamadas de voz ou de vídeo, necessitando apenas de um aparelho celular e uma conexão à internet.

A possibilidade de formação de grupos que abordam assuntos de interesse dos membros é outro recurso disponível no aplicativo, que também agrega a transmissão de notícias e informações técnicas.

O setor cafeeiro vem acompanhando toda esta revolução da comunicação e adotando estas novas ferramentas no dia a dia dos diferentes atores e segmentos.

Perfil de quem usa WhatsApp no setor cafeeiro

Qual seria o perfil dos usuários de grupos de WhatsApp no sistema agroindustrial do café?

  • Maioria do gênero masculino;
  • Elevada formação acadêmica;
  • Economicamente ativos;
  • Utilizam a internet como principal fonte de informações e notícias;
  • Interesse por mercado, cotações e práticas agrícolas.

E você, seu setor, sua vida…. Onde se encontram nesse novo “normal” digital?   

Saudações Cafeeiras!

Sobre o autor

Dr. Sérgio Parreiras Pereira, pesquisador Científico do Instituto Agronômico de Campinas, da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo.

Sobre Descascando a ciência 65 Artigos
O objetivo do Descascando é deixar conteúdos sobre o mundo agrícola e a ciência mais fáceis de serem entendidos. Queremos facilitar o "cientifiquês", para que todos tenham acesso à informação.

5 Comentários

  1. Parabéns mais uma vez Sergiao!! Ser sido citado (RSC) por estes 2 jornalistas referências em nosso meio mostra sua dedicação e alta capacidade de promover a divulgação e o compartilhamento de tantas importantes informações à nossa atividade. Estes mais se 22 milhões de acesso começaram em uma época em que o digital estava engatinhando e que você acreditou e depositou todas suas fichas…. e hoje colhe seus méritos por isso !!! Parabéns meu amigo E que Deus te abençoe e para continuar com este belo trabalho!!
    Abração
    Cesar Candiano

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*