Projeto “Menina Ciência • Ciência Menina” aproxima meninas da ciência na prática

Com o lema “Mostrando um Mundo de Possibilidades!”, projeto da UFABC apresenta as diferentes áreas de atuação na ciência

Tempo de leitura: 3 min

O projeto Menina Ciência • Ciência Menina é mais um exemplo dos programas de sucesso que buscam incentivar meninas na ciência com o contato direto com a Universidade. Elaborado por pesquisadoras da Universidade Federal do ABC (UFABC), em Santo André – SP e de instituições parceiras, o curso é composto por palestras e atividades práticas em laboratório, sendo os temas abordados de diversas áreas do conhecimento: Biologia, Astronomia, Química, Matemática, Física, Educação e História da Ciência e Filosofia.

Através desse contato com meninas no período escolar, as mulheres cientistas tornam-se exemplos que desmistificam o perfil do cientista, aproximando as estudantes do ambiente universitário e ampliando os horizontes de atuação profissional.

O projeto

O projeto compreende a realização de um curso gratuito, originalmente com duração de uma semana, em que são ministradas palestras e atividades práticas sobre diversas áreas: Exatas, Humanas, Biológicas.

O curso é destinado a meninas. O motivo dele ser focado à participação feminina decorre do propósito de estimular o interesse delas nas ciências predominantemente masculinas, como biológicas e exatas. É o que explicam as professoras organizadoras do projeto:

“diante da falta evidente de mulheres nas áreas das ciências, diversas propostas vêm sendo desenvolvidas e colocadas em prática, no sentido de aproximar as meninas da área STEM. Ao participar de outras propostas com esse mesmo objetivo, a coordenadora e idealizadora do Menina Ciência – Ciência Menina, Maria Inês Ribas Rodrigues, vislumbrou e colocou em prática a proposta semelhante na região do ABC. Então, em 2019, tivemos a nossa primeira edição, apoiada pela PROEC/UFABC, com enorme sucesso. Espera-se com isso incentivar outras propostas semelhantes, pois as meninas gostam, sim, das áreas das ciências e precisam de todo o apoio para alcançar seus objetivos.”

O projeto é uma excelente oportunidade para as meninas, principalmente para que tenham contato com o ambiente universitário, com professoras e alunas que poderão esclarecer dúvidas em relação ao mundo da ciência. 

Inscrições

As inscrições podem ser feitas por alunas regularmente matriculadas no Ensino Fundamental II (do 6º ao 9º ano), que serão sorteadas para participação no evento. Para participar preencha este formulário

O evento é gratuito. O período de inscrições do Menina Ciência • Ciência Menina é de 10 a 24 de outubro de 2020, e pode ser realizado pelo site: https://eventos.ufabc.edu.br/meninaciencia/

Na primeira edição do evento, o qual foi realizado em 2019, foram 50 meninas selecionadas para participar do evento presencial. Em 2020, o curso acontecerá virtualmente e oferecerá 120 vagas. O sorteio será realizado neste mês no dia 26/10/2020 e o resultado será divulgado às 18:00.

O evento começará no mês de novembro, no dia 03/11/2020, e será composto por atividades feitas em casa com acompanhamento remoto do time Menina Ciência e por quatro encontros virtuais a serem realizados nas datas de 14/11, 21/11, 28/11 e 05/12 de 2020. 

Mesmo nesse ano de 2020, em que a atividade presencial está suspensa, a apresentação do curso terá uma estrutura dinâmica para que as meninas possam ter contato com a ciência, de maneira fácil e divertida. Assim, elas podem despertar o interesse nas áreas científicas, como explicam as professoras organizadoras do projeto:

“estamos programando atividades experimentais, com materiais simples que as meninas poderão encontrar em casa, que deverão ser realizadas durante a semana. Além disso, serão disponibilizadas palestras curtas para que assistam em casa dentro de uma grande área relacionada ao experimento da semana. As meninas serão dividas em grupos e haverá interação constante com as monitoras responsáveis e também de forma online, com a construção colaborativa de um mural eletrônico. No final de cada semana, teremos uma roda de conversa via plataforma online, onde as meninas poderão compartilhar suas experiências, fazer perguntas e se expressar como uma cientista-mirim”

Normalizar é preciso

O formato do projeto possibilita a aproximação das meninas com áreas do conhecimento que poderiam não ser cogitadas por elas para sua formação. A visualização de quais são as graduações existentes confere autonomia às meninas para que elas possam decidir sobre qual função elas querem desempenhar, além de permitir o acesso à ciência. Elas também são capazes de fazer ciência. Na verdade, já o fazem todos os dias. 

Como ponderam as organizadoras do evento, o objetivo é mostrar às meninas que a escolha em fazer ou não ciência cabe a elas, bem como em ter o interesse sobre o assunto e apresentá-lo às amigas, colegas e familiares, construindo a percepção de que as áreas científicas devem ser universais e de acesso igualitário:

é notável a necessidade de uma educação científica para a população em geral. Meninas tipicamente encontram resistência quando demonstram interesse em assuntos científicos, ainda mais se forem nas ‘ciências duras’. Assim, nosso objetivo é proporcionar oportunidades para que elas tenham contato com o mundo científico, com a Universidade Pública, com mulheres desenvolvendo pesquisas de alta qualidade para que saibam que se elas quiserem seguir este caminho, elas podem, sim. E que se não quiserem seguir uma carreira científica, que possamos apresentar a ciência como algo enriquecedor de sua própria cidadania.”

O projeto mostra que o campo de atuação delas é amplo e compreende inúmeras possibilidades, demonstrando que o ensino superior e a pesquisa estão ao seu alcance. É normal e real.

O ambiente da universidade é plural e é para todxs. O evento Menina Ciência • Ciência Menina é organizado pela UFABC, de modo que compreende a região da Grande São Paulo. Mas isso não significa que não existam outros projetos semelhantes em regiões próximas de cada menina, a exemplo do Meninas SuperCientistas da Unicamp, ou que possa ser uma fonte de inspiração para outra instituição. 

É preciso mais mulheres na ciência, porque lugar de mulher é onde ela quiser!

Sigam o projeto nas redes sociais e acompanhem as novidades! No Instagram e/ou Facebook.

Agradecimentos

Agradecemos às professoras e voluntárias do programa pela disponibilidade para a entrevista.

Autoras: Gabriela F. Ferreira, Luisa Fernanda Ríos Pinto, Carolina F. Ferreira, Regiane Alves Oliveira

Referências

[1] https://eventos.ufabc.edu.br/meninaciencia/ 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *