É possível criar algo “do nada”? A resposta na visão de um físico. (V.3,N.4,2017)

Com este post é oficialmente criado o blog Torta de maçã primordial e nada mais oportuno do que discutir criação e como bônus explicar o título do blog!

Carl Sagan (1934-1996)

A Torta de maçã primordial é inspirada em uma frase do físico e astrobiólogo Carl Sagan na série de televisão “Cosmos: Uma viagem pessoal”, que diz:

“Se você deseja fazer uma torta de maçã do nada, precisará primeiro inventar o universo”1.(veja o trecho aqui.)

Suponha que eu queira fazer uma torta de maçã do nada e peça ajuda a minha mãe que é uma cozinheira de mão-cheia. Ela provavelmente me mandará ao supermercado com uma lista de coisas para comprar: maçãs, farinha, leite, ovos, etc. Mas se eu cozinhar a torta a partir destes ingredientes, será de fato, do nada?

Determinado em cumprir o desafio de fazer a torta realmente do nada, posso tentar plantar uma macieira… Mas espere! Para plantar, precisarei de uma semente e por tanto de uma maçã. Mesmo a macieira que deu origem a esta semente não a criou do nada, e sim transformando diversos compostos através de um complexo processo químico. Se continuarmos esta linha de raciocínio iremos concluir que para criar uma torta de maçã “do nada” precisaremos construir o universo!

Do que é feita uma maçã?

Como assim? Explico: acredito que todos já ouviram a frase “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, talvez em uma aula de química. Esta é a importante lei de conservação das massas de Lavoisier2, que em uma interpretação moderna pode ser entendida lembrando da famosa relação de Einstein, E = mc².

Escultura de cera de Albert Einstein exposta no museu Madame Tussauds, em Amsterdã. (Foto por: Claudio Saavedra)

A relação de Einstein nos diz que massa (m) e energia (E) são equivalentes, isto é, matéria é uma forma de energia e podemos transformá-lá em outros tipos de energia e vice-versa. Então para criar matéria é necessário energia e pela lei de conservação de energia, toda energia do universo surgiu junto com ele! Logo para criar desde a menor das partículas subatômicas até a mais densa estrela de nêutrons “do nada” não há outra saída a não ser criar um universo.

E como foi a jornada desta energia, dos primórdios do universo até as moléculas que formam o mundo que conhecemos? Bom isto é assunto para outro post! Espero que tenham gostado do texto, neste blog pretendo falar um pouco sobre o universo e o que o constitui do ponto de vista da física.

E você? concorda que não podemos criar algo do nada (além do próprio universo)? Tem uma visão diferente? Gostaria de sugerir um tema para a próxima postagem? Deixe seu comentário ou entre diretamente em contato comigo através da aba “Contato”! 

Minha torta de maçã! 🙂 Vai um pedaço?

É isso pessoal, até a próxima! Ah, acabei fazendo minha torta com os ingredientes do supermercado mesmo. 🙂

1Tradução livre de: “If you wish to make an apple pie from scratch, you must first invent the universe”, retirado do episódio 9: The lives of the stars.

2A lei foi originalmente formulada no contexto de química para sistemas fechados. [Leia mais].

4 thoughts on “É possível criar algo “do nada”? A resposta na visão de um físico. (V.3,N.4,2017)

  1. quando eu estudava como ate hoje gosto de ler assuntos relacionados a evoluçao do universo , como foi criado etc. ORA li sore um assunto em que NADA DO NADA NADA SE CRIA OU FAZ E NADA SE TRANSP[FORMA DO NADA ,ma s entretanto fala que A INTELIGENCIA DO SER HUMANO QUE SERRIA DE 100 CEM POR CENTO , devido condiçoes climaticas QUE ACONTECERAM A MILHOES DE ANOS DESTRUIRAM A CAPACIDADE HUMANA DE ENTENDER CERTAS COISAS inclusive A CRIAÇAO DO UNIVERSO . DOS CEM POR CENTO QUE PODERIAMSO TER imagine que capacidade TERIAMOS hoje só temso 10 15 POR CENTO DO TOTAL DE 100 POR CENTO . SERIA ISSO UMA DAS CAUSA S DE NAO ENTERDERMOS NADA ????

    1. Olá Genilton!
      De fato, nós físicos acreditamos que nada pode surgir do nada, sendo o mundo uma constante transformação das coisas.
      Quanto a inteligência dos seres humanos, não consigo comentar muito sobre, pois foge da minha especialidade.

      Mas fico feliz que goste de ler sobre a evolução do universo, afinal saber mais sobre isso é o que motiva as pesquisas em cosmologia. Tenho certeza que você encontrará neste blog outros textos que pode achar interessantes!

      Um abraço,
      Eduardo Sato.

      1. O que sei é que nada sei assim como todos os seres humanos que já surgiram e surgirão daqui pelas eternidades afora,corto meus culhões fora se tem algum sabidinho que manja esse mistério todinho. …….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *