Leopoldo Hirama

Educação vem de berço! Será? (V.3, N. 1, 2017)

Certa vez escutei uma entrevista do filósofo Mário Sérgio Cortella, quando afirmava que a educação de uma criança é dever da família, cabendo ao professor contribuir para a escolarização dos alunos. Apesar de se referir ao ambiente escolar, me permito expandir esta colocação à todos os professores que atuam...

A forma como o brasileiro lida com seus ídolos (V.2, N. 10, 2016)

No dia 17/10/16, a Faculdade de Educação Física da Unicamp recebeu Fabiana Murer, bi-campeã mundial no salto com vara, para uma palestra sobre sua trajetória. Ao final lhe fiz uma pergunta sobre algo que me inquieta há tempo: Qual sua impressão sobre a pressão que...

Torcer contra ou a favor? (V.2, N. 8, 2016)

Na última segunda-feira, dia 15 de agosto, um brasileiro desconhecido,  para a maioria do país, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos superando o multi-campeão francês. Thiago Braz em primeiro, Renaud Lavillenie em segundo. Mas o francês parece não ter levado “na esportiva” o fato de ficar na segunda posição....

O maior crime para crianças pobres (V.2, N. 8, 2016)

“O maior crime que se pode cometer com crianças pobres é ter baixas expectativas para com elas!” Li esta frase em uma epígrafe há quase duas décadas, e na época, infelizmente não anotei sua autoria, mas a mensagem me impactou grandemente. Neste período trabalhava e morava na...

O exemplo dos mais velhos (V.2, N. 7, 2016)

Representar um modelo estimado de pessoa é uma grande responsabilidade e por isso La Taille nos alerta  sobre os valores que ele apresenta e incentiva. Este cuidado tem todo sentido visto a plasticidade da juventude em modelar seus comportamentos a partir daqueles que admira, e se...

Dilema de professor (V.2, N. 6, 2016)

Embora este blog faça parte de uma plataforma de divulgação científica, peço licença para escrever sobre um dos muitos dilemas da saga que é ser professor. Portanto escrevo sobre sentimentos, angústias, dúvidas, desânimos e também proposições para superar esta avalanche de negatividade que por vezes nos invade, especialmente...

O poder de fazer parte! O pertencimento e os valores de convivência (V.2, N. 6, 2016)

Quando abordo o tema pertencimento em minhas aulas, costumo criar uma imagem a partir de um exemplo de sucesso de um certo tipo de “instituição” muito forte, conhecida, respeitada (quer seja pelo status ou pelo medo) no país inteiro, mas mais intensamente nas comunidades periféricas. Refiro-me...

Skip to content