Ciências Exatas e da Terra

Quanto tempo demora? (V.2, N. 10, 2016)

Independentemente de seu gosto pela banda, estilo musical ou por esta canção em específico a questão aqui é o tempo. A quantidade de tempo percebida pelas pessoas é bem diferente daquela que geólogos e paleontólogos trabalham. Nesse meio é comum ouvir a expressão: “poucos milhares de...

Mais próximo dos dias de hoje: como chegamos até aqui e quem ficou pelo caminho (V.2, N. 10, 2016)

Como os registros da Era Cenozoica, são bem mais novos, seus fósseis são abundantes e, em muitos casos, muito bem preservados. Antes de continuar vou fazer uma pausa para comentar que a Era Cenozoica é dividida em três períodos: Paleogeno, Neogeno e Quaternário. Estes períodos,...

Do gelo à biodiversidade – Snowball Earth (V.2, N. 10, 2016)

Os períodos de glaciações pelos quais a Terra passou que são mais famosos aos olhos da população, graças a filmes bem populares, são as que ocorreram durante o Quaternário, as chamadas “Eras do Gelo”. Neste cenário, podemos exemplificar a megafauna que reinava, como os mamutes...

Morte, casualidade e explosões: ou como “fazer” um fóssil (V.2, N. 9, 2016)

Quando dois restos (fósseis) são encontrados lado-a-lado numa rocha, é possível afirmar com 100% de certeza que ambos viveram juntos e morreram juntos? Ou ainda… Quando se encontra um resto de um (ou mais) organismo(s) em determinado local, é possível afirmar de antemão que este(s) organismo(s) viveu(ram)...

O Hadeano – primórdios do nosso planeta (V.2, N. 9, 2016)

Se contássemos a história do planeta Terra num diário, em detalhes, provavelmente não haveria papel ou armazenamento digital suficiente para guardar tanta informação. Talvez se resumíssemos bastante, e dividíssemos em etapas os principais acontecimentos desde o “nascimento” do nosso planeta, a tarefa ficaria mais viável....

A distância que agora nos separa foi outrora irrelevante… (V.2, N. 9, 2016)

Vou aproveitar o fato de estar participando de um congresso em outro continente (sim, escrevo estepost diretamente da África!) para falar um pouco dos motivos que me levaram a participar deste evento, e que, em minha opinião, são bastante importantes na compreensão das relações que...