O nome científico da cocaína (V.8, N.1, 2022)

A lanchonete era espaço apertado. Limitava-se a um pequeno balcão com uma vitrine de salgados, uma máquina de café e uma geladeira na parte de trás. Pelas paredes ficavam expostos trabalhos dos alunos nas mais variadas técnicas: lápis, nanquim, aquarela, pastel, óleo, aerografia… O intervalo das aulas na escola de artes era um momento peculiar. […]

Maldita matemática, mal posso ver seus movimentos! (V.8, N.1, 2022)

Eis que você desiste da matemática, é algo complicado e que parece não ter sentido para a vida… podemos viver bem sem ela. Em vez disso, você decide se dedicar à fotografia. É divertido, você “congela” momentos no tempo e espaço, parece mágico e inspirador.