Ecos dissonantes da banalidade do mal (V.5, N.1, 2019)

Em 1968 o Ato Institucional número 5 (AI-5) conferiu ao presidente o poder de fechar o congresso, suspendeu os direitos políticos de servidores e a garantia do habeas corpus. Foi o momento mais duro do regime militar brasileiro (1964 – 1985). Em seu aniversário de 50 anos, em dezembro de 2018, diversos comentários o saudaram como melhor momento da história do Brasil, como o ato que salvou o Brasil de uma ditadura comunista, e como uma ferramenta pela defesa da democracia.

Você pode gostar...

Skip to content