Precisamos falar de gênero e sexualidade na escola? (Parte 5) (V.4, N.2, 2018)

Uma das questões que emergem quando abordamos as possibilidades de falar deste tema em sala de aula refere-se ao suporte legal nos documentos oficiais curriculares brasileiros. No último post falamos sobre alguns projetos de lei tentando bloquear ou minimizar a importância disso, numa busca de restringir o tema ao âmbito familiar… E aí? Podemos falar de gênero e sexualidade na escola?

Ana Arnt

Bióloga, Mestre e Doutora em Educação. Professora do Departamento de Genética, Evolução, Microbiologia e Imunologia, do Instituto de Biologia (DGEMI/IB) da UNICAMP e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PECIM). Pesquisa e da aula sobre História, Filosofia e Educação em Ciências, e é uma voraz interessada em cultura, poesia, fotografia, música, ficção científica e... ciência! ;-)

Você pode gostar...