Mitos e Verdades: Aquisição Da Linguagem Na Infância

Texto de: Ingridy Silva, graduanda em Fonoaudiologia na Unicamp e
Regina Yu Shon Chun, docente do curso de Fonoaudiologia da Unicamp

A Linguagem, num sentido mais geral, pode ser definida como toda forma que o ser humano utiliza para se comunicar e, nela, podemos incluir a língua, um sistema convencionado e também utilizado por seres humanos.

Estudos sobre a linguagem

A preocupação em compreender o que é a linguagem é antiga e vem desde pelo menos 1500 anos antes de Cristo, com os filósofos hindus, na Índia. Sabe-se, hoje, que esta é uma das primeiras formas de socialização – apresentada às crianças antes mesmo que elas aprendam a falar, a partir da interação na família ou de quem cuida delas.

Além disso, destaca-se que o bebê interage por meio de linguagem, seja por gestos, olhares, expressões faciais, choro ou pelas primeiras palavras.

Há várias vertentes que procuram explicar a aquisição da linguagem. Uma delas vai dizer que a linguagem já nasce conosco, mas só desenvolvemos uma língua através a exposição à fala das pessoas à nossa volta (Inatismo). Outra abordagem, a Behaviorista, diz que a linguagem é um comportamento aprendido e dependente do meio em que a criança será exposta; além delas existem abordagens interacionistas, que destacam a importância da interação para aquisição e desenvolvimento da linguagem.

Em comum, os estudos apontam a importância da relação entre a neurobiologia e o papel do ambiente no processo de aquisição da linguagem, valorizando-se assim aspectos sociais neste processo.

O desenvolvimento da linguagem é fator essencial para uma boa comunicação e também para que o desenvolvimento infantil ocorra de forma harmoniosa – incluindo sua integração à vida social, relacional ou aprendizagem formal. Portanto, alterações de causas diversas podem afetar o desenvolvimento da linguagem; não obstante, existem diversos mitos e crenças em relação à aquisição da linguagem, construídos e disseminados ao longo do tempo.

Mitos e Crenças sobre Aquisição de Linguagem

Com o passar do tempo, alguns mitos e crenças em relação ao processo de aquisição da linguagem e de algumas alterações de fala em crianças foram construídos e disseminados.

Por esse motivo, criamos o seguinte quiz com o objetivo de divulgar informações sobre o processo de aquisição da linguagem. Essa é uma forma de tornar público conhecimentos científicos e oferecer informações úteis à grande parcela da população de maneira rápida e interativa.

Tendo acesso a este conhecimento, as pessoas podem identificar atrasos no desenvolvimento da aquisição de linguagem de crianças e procurar profissionais para diagnóstico e intervenção, caso necessário; podendo, assim, facilitar o diagnóstico precoce e diminuindo os impactos na qualidade de vida da família.

Clique na imagem para abrir o Quizz
Clique na imagem para abrir

O quiz acima foi criado pelas seguintes alunas do 3o ano do curso de Fonoaudiologia, sob orientação da Prof. Regina Yu Shon Shun: Elisa Leone, Elisa Maschio, Giovana Astolfi, Ingridy Silva e Maraysa Gouvêa.

Se quiser acompanhar mais sobre linguagem e fonoaudiologia, acesse também o perfil @fala.linguagem no Instagram.

Referências

ELY, R. & Gleason, B. Socialization across contexts. Em P. Fletcher & B. Macwhinney (Orgs.), The handbook of child language (pp. 251-270). Oxford, U.K.: Blackwell. 1996.

LAMPRECHT, Regina Ritter. Memórias do passado, repercussões no presente: vinte anos de pesquisa em Aquisição da Linguagem na PUCRS. Letras de Hoje. N. 132, v. 38, p.11-16, jun. 2003.

FLOOD, Gavin, An Introduction to Hinduism, Cambridge: Cambridge University Press, 1996

FRANCHI, C. Linguagem – Atividade Constitutiva. Cadernos De Estudos Lingüísticos, 22. 2012

GARTON, A. F. (1992). Social interaction and the development of language and cognition. Hillsdale, USA: Lawrence Erlbaum.

LAMPRECHT, Regina Ritter. Memórias do passado, repercussões no presente: vinte anos de pesquisa em Aquisição da Linguagem na PUCRS. Letras de Hoje. N. 132, v. 38, p.11-16, jun. 2003.

Sobre Thiago Oliveira da Motta Sampaio 6 Artigos
Professor de Psicolinguística e Processos Cognitivos na UNICAMP; Divulgador da Ciência, Scicaster e "Spiner" (Spin de Notícias) no Portal Deviante (www.deviante.com.br); e Embaixador da Olimpíada Brasileira de Linguística (www.obling.org).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*