A ação das cidades


Você já ouviu falar do C40 Cities? É um grupo de 40 cidades ao redor do mundo que se uniram para lutar contra o aquecimento global e as mudanças climáticas. Esse grupo nasceu em outubro de 2005 em Londres e fui batizado inicialmente de Large Cities Climate Leadership Group, em agosto de 2006 foi anunciada uma parceria com a Fundação Clinton e rebatizado de C40. O presidente do grupo é Ken Livingstone, prefeito de Londres.
A Fundação Clinton é parceira da C40 por meio do Clinton Climate Initiative (CCI), este é um projeto da fundação dedicado a fazer a diferença na luta contra as mudanças climáticas de forma prática e mensurável, o programa pretende diminuir substancialmente as emissões dos gases do efeito estufa. A princípio esse projeto esta trabalhando com os membros do C40 no desenvolvimento e implementação de uma gama de ações para acelerar a diminuição da emissão dos gases do efeito estufa.
Este é um programa bilionário para reduzir a emissão de carbono em 15 cidades do mundo.
A cidade de São Paulo está incluída na lista – um consultor da Clinton Foundation já está morando na cidade para identificar problemas ambientais e sugerir soluções. Esse projeto conta com a participação de cinco bancos globais e quatro corporações multinacionais, além de uma equipe de especialistas em reformar prédios para torná-los mais “verdes”. A primeira fase é dedicada a edifícios. O projeto prevê economizar de 20% a 50% de energia com a troca dos sistemas de refrigeração, aquecimento e iluminação por alternativas mais eficientes, com US$ 5 bilhões disponíveis para as reformas.
E aconteceu essa semana em Nova Iorque o encontro de prefeitos de 32 cidades, o chamado Large Cities Climate Summit. Do Brasil, foram Gilberto Kassab, de São Paulo, Cesar Maia, do Rio de Janeiro, e Beto Richa, de Curitiba.
A principal mensagem deixada desse encontro foi que as cidades querem ser as verdadeiras protagonistas da luta contra o aquecimento global. “Não vamos mais ficar sentados esperando que eles tomem a liderança. As cidades consomem 75% da energia e produzem 80% dos gases-estufa, portanto podem fazer a diferença de fato nessa batalha”, afirmou Michael Bloomberg, prefeito de Nova York, cidade que sediou o encontro.
É bem interessante ver essa movimentação para lutar contra o aquecimento global, dá pra ver que existe um interesse e não estamos nessa luta sozinhos. Quero muito ver o prédio em que trabalho adotar medidas para redução de emissões de carbono!

Além dos links acima foram utilizadas também: Metrópoles querem agir antes de crise climática
Clinton lança plano para tornar prédios mais “verdes”
Redução na emissão de carbono – Fundação de Clinton dá consultoria a SP

One comment

  • scgrilli
    24 de maio de 2007 - 17:51 | Permalink

    Olá Claudia,vc gostaria da falar sobre Sustentabilidade num workshop sobre este tema? trata-se de uma entidade muita séria e reconhecida.Por favor entre em contato pelo e-mail scgrilli@ig.com.br

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content