Banalizou

É impressionante como a cada dia aparecem mais e mais empresas carbono neutro. Já viu esse selinho em propagandas e embalagens por ai?

Toda semana eu descubro uma empresa que sai divulgado a todos os ventos que agora é carbono neutro, ou que seus produtos são e fazem um site sobre o assunto, com dicas de como diminuir também você as suas emissões.

Esse negócio de carbono neutro pra mim já virou bobagem, é tudo o tão falado “Green Wash” (que gosto de traduzir como banho verde). As empresas por ai se auto-intitulam como carbono neutro, pois plantaram árvores, substituíram algumas fontes de energia e se consideram quites com o mundo, pronto, fiz a minha parte.

Até a Natura, uma empresa super respeitada no quesito sustentabilidade, fala em seu site que já é carbono neutro, mas a empresa vai começar seu processo para se tornar carbono neutro em 2007, o seu potencial de redução de emissões em sua cadeia de produção é de 33% em 5 anos, ou seja, ela só vai ser mesmo carbono neutro em 2012! Mas já fala hoje que é carbono neutro…

Isso é preocupante, se a intenção do IPCC, do Al Gore e etc eram alertar as pessoas dos perigos do aquecimento global e para todos começarem a fazer a sua parte desde já, a coisa virou banal… Agora se eu comprar um produto carbono neutro, vou fazer a minha parte, ou melhor, daqui a pouco todos os produtos serão carbono neutro e todo mundo vai estar achando que por comprar produtos assim já estará fazendo sua parte.

Onde vamos parar com se esse pensamento se mantiver? Não vamos sair do lugar… Onde está a ética das empresas quando ficam declarando uma meia-verdade sobre o assunto para estimular mais ainda o consumo? Pra variar, me sinto sem esperanças nesse mundo…

4 Comments

  • Marcus
    5 de novembro de 2007 - 17:30 | Permalink

    Claudiabom, pra comeco de conversa naum fique/nem se sinta sem esperancas, vc é muito jovem pra essa afirmacao :)realmente seu post/artigo tem um Q de verdade, mas procure ver o lado positivo dessa tal “banalizacao”..eu vejo alguns pontos:01) as pessoas estao sendo conscientizadas, quando ultrapassarem o estagio inicial dessa conscientizacao….essas mesmas pessoas vao querer o que eu chamo “de algo mais” das empresas em relacao a sustentabilidade. Dai veremos quais empresas realmente sao comprometidas com o tema02) o marketing das empresas “ama” associar sua marca/produtos e/ou servicos ao que declaram “intangivel”…e buscar de alguma forma associar-se a “onda verde” com certeza é uma maneira facil de pegar “jacare” nessa onda03) Importante sua visao critica do tema mas tb é importante a acao dessas empresas, afinal esclarecendo a populacao é que podemos dar um salto de “consciencia” em busca de um dia a dia sustentavelbom, continue seu blog…voce tb faz parte desse movimento :)abracos fraternosMarcus Colacinoapm

  • Iberê Thenório
    10 de novembro de 2007 - 19:16 | Permalink

    Poisé, Cláudia…Andei pesquisando também sobre o assunto e descobri que o lançamento do carro Golf teve sua emissão de carbono neutralizada.Ou seja, o EVENTO DE LANÇAMENTO teve a emissão zerada. MAs e a cadeia produtiva do automóvel? E não importa nada o carro ser beberrão e poluir muito mais que os outros?A feira Couromoda foi outra que teve a emissão neutralizada. Enquanto isso, a pecuária é a maior responsável pelo desmatamento da Amazônia, que por sua vez é responsável pela maior parte de emissão de CO2 do Brasil.Banho verde, com certeza!

  • Leandro Henrique
    12 de novembro de 2007 - 12:45 | Permalink

    Obrigado pela visita em ambiente e cultura.Com relaçao à empreendimentos e produtos “carbono zero” três coisas tem que ser ditas:1) Para neutralizar determinada ação, as árvores levam, em média, 20 anos.2) O número de árvores plantadas que chegam à essa idade é MUITO pequeno. Essas ações quase nunca respeitam os estudos de RAD e os conceitos de sucessão ecológica;3) quando um consumidor é atraído por empreendimentos livre de carbono, passa a achar que a parte dele está feita então, o caráter educativo dessa iniciativa também fica comprometido.Não gosto dessa idéia! sim à diminuição do consumo irresponsável e insustentável!!P.S. adicionei seu blog à minha lista de favoritos ok?Até mais.

  • Paula Signorini
    21 de novembro de 2007 - 18:04 | Permalink

    Clau,O uso do marketing descarado é um absurdo no Brasil. Isso ocorre somente por falta de legislação, na minha opinião. Se tivessemos um selo padrão, institucionalizado (como o Inmetro, por exemplo) talvez tivessemos mais confiabilidade nestas empresas. Queria mesmo era saber onde tais empresas andam plantando tantas árvores. E queria saber também quem foi que disse que neutralização de carbono era a melhor alternativa para todos os problemas ambientais. Por aqui, continuo lutando por uma padronização dos meios de cálculo de emissões. Gostei do novo design do blog!Paula

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content