O estranho (e nojento) mundo dos parasitas de parasitas

minhaFoto

A criatura de aparência asquerosa insere seus ovos num hospedeiro e vai embora. Em pouco tempo, os ovos eclodem e as larvas recém-nascidas se alimentam do hospedeiro de dentro pra fora. Quando crescem mais um pouco, as larvas ainda se encontram dentro de um bicho — e também acabam por consumi-lo. Por mais alienígena que pareça, essa estratégia de reprodução é relativamente comum. E bastante eficiente em termos energéticos, segundo uma pesquisa recente. Tanto que o pobre hospedeiro pode abrigar uma pequena cadeia alimentar. (mais…)