Por dentro da URSS: os muçulmanos

A escola de religião islâmica de Bukhara [na RSS do Uzbequistão], com novecentos anos de existência, ainda funciona. Falamos com o reitor, pessoa sonolenta e de barba espessa, parecido com os dignitários muçulmanos da Nigéria setentrional ou do Marrocos. Dirige o estabelecimento há mais de trinta anos; e este possuía Leia mais…