A biblioteca de bolso

Certa vez estava viajando numa carruagem o Professor [Richard] Porson [1759-1808], célebre por seus estudos gregos. No mesmo veículo, um calouro de Oxford entretinha duas ladies com variedades diversas, entre as quais uma citação que, segundo ele, seria de Sófocles. Uma citação grega no meio da viagem foi o bastante Leia mais…

Fortunas livrescas perdidas

Indubitavelmente, muitas obras pereceram no estado de manuscrito. Por uma petição do Dr. [John] Dee [1527-1609?] à Rainha Mary, existente na Biblioteca de Cotton, parece que o tratado de Cícero — de Republica — foi um dia bastante comum neste país. [O Rev. Thomas] Huet [?-1591] observa que Petrônio [27-66] Leia mais…

Notícias de uma jornada inesperada

E então tem aquela parte em que o mentor some e todo mundo fica perdido. Não importa se esse mentor é Gandalf, o Mestre dos Magos ou o meu orientador. É verdade que orientadores sempre somem, mas o meu orientador não sumiu assim sem mais nem menos. Também não caiu num precipício para me defender de um balrog dizendo… (mais…)

Uma jornada inesperada

O silêncio caiu por estas bandas na última semana. Mas não há motivos para pânico. Este que vos escreve vai bem, obrigado. Bem atarefado também, mas finalmente posso revelar o que me deixou longe da blogosfera nos últimos dias. É algo que vem me ocupando desde meados de junho. É algo que tem a ver com minha formação. É algo que tem a ver com o hypercubic. É algo que mede 20x15cm, tem umas 150 páginas e é um tanto patético em seu conteúdo.

Os leitores mais sagazes já sacaram: é um TCC. Também, mas mais do que isso — é meu primeiro livro! E hoje posso, enfim, contar a breve história de como ele nasceu.

Se livros são como filhos, o meu primeiro definitivamente não foi planejado. Confesso que já havia pensado em tê-lo, mas era mais um sonho distante do que algo realizável. (mais…)