Fortunas livrescas perdidas

Indubitavelmente, muitas obras pereceram no estado de manuscrito. Por uma petição do Dr. [John] Dee [1527-1609?] à Rainha Mary, existente na Biblioteca de Cotton, parece que o tratado de Cícero — de Republica — foi um dia bastante comum neste país. [O Rev. Thomas] Huet [?-1591] observa que Petrônio [27-66] Leia mais…

Pequenas fortunas livrescas

Não era à toa que os livros das bibliotecas medievais costumavam ser acorrentados em suas estantes. Isso evitava a perda ou roubo de obras equivalentes a verdadeiras fortunas: Houve épocas em que, pela posse de um manuscrito, havia quem transferisse uma propriedade, ou deixasse como caução pelo empréstimo centenas de Leia mais…