V.3, N. 6, 2017

Implante autólogo de condrócitos (V.3, N.6, 2017)

 Lesões da CARTILAGEM articular podem causar dor, inchaço, dificuldade para andar e algumas vezes podem até progredir para a destruição da articulação, um quadro chamado ARTROSE, que é a principal causa de dor crônica em adultos. Os JOELHOS são as articulações mais acometidas. Por isso,...

O que é um fóssil (V.3, N.6, 2017)

Você sabe o que é um fóssil? Se nos perguntassem hoje o que significa a palavra fóssil, a resposta seria mais do que óbvia. Uma rápida olhadinha no Google e logo saberemos, por meio de diversos sites, que fósseis são restos ou vestígios de organismos vivos,...

Inteligência artificial: com o que precisamos nos preocupar? (V.3, N.6, 2017)

Em 1993, o cientista da computação e escritor Vernor Vinge cunhou o termo “singularidade tecnológica“. Esse conceito se refere ao momento em que a inteligência artificial estará tão desenvolvida que os computadores superarão os próprios seres humanos e, a partir desse momento, será impossível prever...

Alimentando a violência – 2/2 (V.3, N.6, 2017)

Na primeira parte dessa conversa, vimos que existem evidências que indicam haver relações importantes entre os tipos de alimentos que consumimos e a existência de comportamentos mais (ou menos) violentos nas pessoas. Também vimos que isso poderia ser extrapolado para o nível social e que...

As árvores mitológicas, filogenéticas, tentadoras: quando surgiram? (V.3, N.6, 2017)

Ainda valem como obras que dão sentido a uma vida plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho? A figura de uma árvore é realmente muito poderosa. Eu, particularmente, sempre gostei das árvores gorduchas do Rembrandt que me proporcionam uma incrível sensação de...

Microdispositivo pode monitorar a saúde, germes e poluentes (V.3, N.6, 2017)

Imagine você querido leitor com um relógio inteligente que analisa continuamente o seu suor ou sangue, capaz de identificar vários tipos de doenças, monitorar a sua saúde, lhe avisar da sua exposição a bactérias, vírus e poluentes perigosos. Imaginou? Bom, esse relógio não existe. Ainda não...

Como os médicos lidam com a morte de seus pacientes? (V.3, N.6, 2017)

Lidar com a morte não é fácil para ninguém. Mas como fazem os médicos que são treinados para salvar vidas e, eventualmente, perdem seus pacientes? Artigo publicado na última edição da Revista de Medicina da USP (v.96, no.2, 2017) traz relatos de nove médicos sobre o...