Montanha-russa de emoções: Doutorado ou lição de vida? (V.4,N.7,2018)

Quantas vezes você já passou por algum daqueles momentos que parece que o mundo está desabando na sua cabeça? Em que que o mundo inteiro se apaga, não há luz. Você deixa de ver a amizade, deixa de sentir alegria, é como estar dormindo a luz de velas… Mas nesse momento é importante se permitir enxergar que a chama, apesar de quase inexistente, ainda vive em você, e é preciso oxigenar o ambiente para que ela volte a queimar e brilhar, até que em algum momento você olhe ao seu redor e perceba que tudo está em seu lugar, que você voltou a ser feliz, a ser quem você quer ser, que você está inteiro de novo.

Share

Sheila Tiemi Nagamatsu

Formada em Biotecnologia pela UFSCar, apaixonada por desenvolvimento pessoal e, atualmente, doutoranda em Genética e Biologia Molecular com ênfase em Bioinformática na UNICAMP .

Você pode gostar...