Pra começar…

Finalmente resolvi tirar esse blog do mundo das idéias e partir para a ação. Venho feito pesquisas, lendo muita coisa a respeito, estudando sobre o assunto pra poder começar a fazê-lo e para assim conseguir tirá-lo do mundo das idéias e passar para o mundo virtual.

Qual a intenção desse blog? Qual o objetivo dele? Ele tem o objetivo de tentar encontrar pessoas que se preocupam com os temas sustentabilidade, meio ambiente, aquecimento global e suas derivações; tem o objetivo de divulgar e discutir o tema; sensibilizar quem não se preocupa ou não sabe nada do assunto; discutir e encontrar soluções para esse problema que muitos ainda pensam não ser com eles ou deles.

E pra começar vou agradecer ao meu amigo André Luiz Naves Silva Ferraz, que espero ser meu colaborador, pela sugestão do nome que vocês vêem no endereço: Ecodesenvolvimento.

Uma definição de Ecodesenvolvimento que encontrei nesse site e que gostei muito é: uma forma de desenvolvimento que se traduz na integração da dimensão ecológica na problemática do desenvolvimento. Conceito que nasceu na Conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente, em consequência da polémica gerada entre aqueles que defendem a desenvolvimento a qualquer preço, mesmo pondo em causa a própria Natureza e os partidários ecológicos. A degradação da terra e da água e a desflorestação são alguns exemplos do desenvolvimento económico selvagem. Os países devem seguir esta estratégia ambiental como processo de desenvolvimento.

Este é apenas o começo, o primeiro post, estou na tentativa ainda de descobrir os mistérios da blogosfera pra tentar fazer com que o blog atinja os objetivos idealizados. Espero que eu consiga!

4 Comments

  • André Luiz
    10 de fevereiro de 2007 - 10:00 | Permalink

    Obrigado Claudia.Agradeço por essa iniciativa ter surgido.Agradeço como habitante do planeta pela maravilhosa iniciativa, que certamente produzirá grandes frutos.Interessante é percebermos que o meio-ambiente saudável está intimamente imbricado com a educação.A alteração do cotidiano das pessoas as deve sensibilizar. Devemos lembrar que quando falamos com a razão, se nossa mensagem não ressoa no coração, todas nossa atitudes caem no vazio.

  • Amanda
    11 de fevereiro de 2007 - 17:51 | Permalink

    Clau!Não estava sabendo … e adorei!Depois de ter um impulso sobre a bioarquitetura, bioconstrução e por aí vai … e acabar me desencantando um pouco – … estou mesmo retornando ao tema, mas por um outro caminho: a educação.E pelo comentário do André, vejo que posso encontrar aqui oportunidades pra discussão!Adorei!

  • Danilo Rodrigues
    12 de fevereiro de 2007 - 00:39 | Permalink

    Clau,parabéns pela iniciativa. Serei um leitor do seu blog com certeza, não só porque vc é minha amiga, mas porque o tema é bem interessante e acima de tudo, importante.O ponto central do ecodesenvolvimento é justamente aliar o desenvolvimento humano tão necessário para tirar bilhões de pessoas da condição de miséria economica e espiritual em que vivem com a sustentabilidade dos recursos natuais disponíveis que garantem a possibilidade de vida no planeta, por isso muito bem escolhido o tema do blog.Você sabe que eu sou super pragmático com relação a tudo, então assim como fico empolgado com o seu blog também serei o primeiro a fazer duras críticas se você vier com papinho furado, que aliás no meio dos ambientalistas tá cheio.Vou cobrar atualizações hein! Parabéns!

  • Cláudio Henrique
    15 de março de 2007 - 11:42 | Permalink

    Parabéns, Cláudia.Manter espaços onde podemos debater e expressar nossas opiniões, sugestões e críticas sobre meio ambiente é valorizar a vida, é contribuir com um futuro melhor.Sucesso neste iniciativa. Você até me animou a fazer algo semelhante.

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content