Vai comprar uma coca-cola semana que vem?

Já falei da Coca-cola aqui. E o colega do Propaganda Sustentável falou ontem da nova campanha “Viva o lado Coca-cola da vida” e da promoção (não sei se é assim que se chama) “Cada gota vale a pena”, que durante a semana de 18 a 24 de maio, que a cada embalagem de Coca-cola vendida 2,3 centavos serão revertidos para o Instituto Coca-cola Brasil.

Bom, não vou discutir o fato de que se é certo estimular consumo e chamar isso de responsabilidade social (pra mim chega quase a chantagem, compre uma coca que a gente ajuda alguém, e se eu não comprar a empresa não vai ajudar ninguém?).

A idéia que me interessou no Propaganda Sustentável levantada pelo Jacques está no fim do texto dele quando ele levanta a seguinte questão: “Dado o tamanho da campanha, incluindo TV, rádio, jornais, revistas, internet, ponto-de-venda, o investimento na divulgação é muito superior ao que será arrecadado pela ação. Não serei hipócrita ou simplista de dizer para que a empresa simplesmente destine o dinheiro da veiculação e produção ao Instituto Coca-Cola. Mas, ora, considerando a boa causa, porque os veículos não abrem de 0,55 ou 1% e somam esse valor ao total auferido pela campanha e o destinam à boa causa?
E também, porque a agência que faturou uns bons caraminguás (e coloquem uns 7 dígitos de caraminguás aí) também não destina uma parte para a boa causa?
Ou seja, por que diante da bela iniciativa da Coca-Cola, não se faz um mutirão onde todas as empresas mostrem-se engajadas no objetivo e colham os benefícios de imagem de marca também?”

Gente, isso sim pra mim seria responsabilidade social e não só: “estou ajudando se você consumidor me ajudar e comprar mais.”

Tá, eu sei, eu sei, isso é um começo. E imagina o trabalho e o empenho que uma ação dessas não demandaria? Mas se é pra ser superficial eu tô aqui perdendo tempo (pra variar) acreditando que sustentabilidade é um negócio sério e não só blablabla de marketing.

Volto aqui à minha crítica feita no blog Empresa Verde, da Época Negócios.

“É ridículo ouvir que a sustentabilidade tá tomando grandes dimensões e todos estão mudando. Balela, o que tá mudando é o papo do pessoal de marketing, não o jeito de fazer negócios… As mudanças reais ainda são mínimas.”

4 Comments

  • William
    13 de maio de 2008 - 00:41 | Permalink

    Está na moda se preocupar com o meio-ambiente. Eu particularmente acho sofrível a idéia de que consumir mais possa ser algo positivo para o meio ambiente, já que todas as atividades humanas causam impacto ambiental. Tenho certeza que deixar de comprar uma lata de refrigerante, que é feita de alumínio, produz um efeito muito melhor. Mas isso diminuiria as vendas.

  • bruno.ganem
    13 de maio de 2008 - 12:06 | Permalink

    Realmente,O blábláblá é muito maior do que as ações efetivas. No entanto, existe uma certificação que assegura que uma determinada empresa está efetivamente comprometida com a Responsabilidade Social. Chama-se NBR 16001.Um auditor vai até a empresa “candidata” para assegurar que a empresa possui um SISTEMA de gestão da Responsabilidade Social.Vale à pena saber mais sobre esse assunto. É bastante novo!!Um grande abraço,– —Bruno GanemCampanha Indaiatuba pela Paz – Coordenador1º Free Hugs Brasil – Coordenador NacionalMovimento Jovem Indaiatuba – PresidenteFundação Vanzolini – Difusor das Normas de Responsabilidade SocialFundação Vanzolini – Auditor Trainee NBR ISO 9001: 2000Contato:(19) 3016-7981(19) 9167-4703bruno.ganem@gmail.comSite:www.maisindaia.com/ideiasdoganem

  • Hugo Penteado
    13 de maio de 2008 - 15:15 | Permalink

    Interessante o comentário do Bruno acima. A questão é importante, temos muita mentira verde e pouca mudança nos negócios. Mas os consumidores precisam estar atentos a isso. E, finalmente, a certificação é um caminho. Houve várias críticas no ano passado sobre a mentira verde (tradução minha de green wash). Essa mudança não pode ter ênfase na parte comercial apenas (lucros, valor de marca), porque isso não significa mudança nem quebra de paradigma. Beijo Hugo

  • Caroline
    13 de maio de 2008 - 17:44 | Permalink

    OláVim convidar o blog para participar da blogagem coletiva que eu estou organizando para salvar as baleias, é junto com o greenpeace, se puderem participar é muito importante, se não puderem, pelo menos assinem a petição para criação do Santuário do Atlântico Sul!Beijo grande

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content