Algumas variáveis

Se tem uma coisa que me impressiona em algumas pessoas é a relação de tamanho que elas tem com o planeta. Por exemplo elas realmente acreditam que a Terra é muito grande em relação a tudo e que ainda há recursos para todos e que eles são praticamente infinitos. Isso pra mim é o maior exemplo de egocentrismo que uma pessoa pode demonstrar, tudo bem que o ser humano é pequeno em relação ao planeta, sozinho ocupo um espaço ínfimo e gasto poucos recursos, mas já parou pra pensar que existem mais de 6 bilhões querendo ocupar o mesmo espaço e consumir os mesmos recursos que você? É, além de não saber lidar com a variável tempo muito bem, afinal vivemos 100 anos no máximo, ainda não sabemos lidar com números muito altos como os 6,5 bilhões que vivem nesse planeta.

Não podemos lidar com os dados isoladamente, a Terra pode ser grande sim se você pensar que ela existe só para você e as pessoas que você conhece, mas já parou para pensar que no mundo tem mais outras 6 bilhões de pessoas que você provavelmente nunca irá conhecer e que consomem recursos e espaços como você.

Percebo que as pessoas não tem problemas para entender só a variável tempo (por exemplo entender o conceito de gerações futuras) mas a variável espaço também é complicada. O homem pode ser minúsculo em relação as magnitudes da Terra e da natureza, mas multiplicado por 6,5 bilhões não é tão pequeno assim, vide todo o caos que já fomos capazes de fazer por aí e com que velocidade.

Aliás, velocidade é outra coisa que o homem não entende. Velocidade para o bicho homem (principalmente no dias de hoje) é MUITO, MUITO diferente do que é para a natureza.

Você já parou para pensar quanto tempo demora para você poluir um rio e quanto tempo você demora para recuperá-lo? Se é que a recuperação será 100%.

Ou ainda quanto tempo a natureza demorou para produzir 1 barril de petróleo e quanto tempo (vou ser boazinha) demora para o homem extrair, refiná-lo e queimar no motor do seu carro? Pois se você pensar em apenas queimá-lo o tempo é ridiculamente incomparável.

Temos ai algumas questões para pensarmos:
1)O bicho homem não é apenas 1 ou um pequeno grupo, somos 6,5 bilhões, a Terra pode ser grande, mas o número de pessoas não é nada pequeno;
2)O tempo não é apenas o tempo que vivemos, nosso DNA vai continuar por aí, seja por meio de filhos, netos, primos, sobrinhos e etc; e
3)A nossa velocidade e a velocidade da natureza estão bem diferentes. E veja bem se a gente quiser multiplicar essa variável a gente pode multiplicar por 6,5 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content