Quais serão os valores dos grandes executivos?

Não gosto de colocar 2 posts no mesmo dia, mas se eu demorasse muito pra colocar esse perderia o timing…

Adorei as idéias da Amélia Gonzalez do Razão Social neste post. Deixei meu comentário lá. Ela comenta a coluna do Presidente da Vale, na Folha de domingo.

Bom, vou ser bem sonhadora agora… Por que os objetivos da humanidade sempre é aumento de lucros, crescimento da produtividade, ter sempre mais dinheiro, mais poder, mais clientes, mais materiais, mais tudo? Por que ninguém quer um objetivo simples como ter um mundo melhor? Com menos miséria, menos fome, menos disperdício, menos exploração? Tá, eu sei, esse objetivo não é nada simples, mas não é o que realmente importa?

Me pergunto que tipo de valores os executivos e presidentes de empresas possuem. Será que eles aprenderam dos seus pais e ensinam para seus filhos que o importante na vida é ter poder e acumular riquezas? Bom, até onde eu sei essas pessoas mal tem tempo com seus filhos, mas como não faço parte desse meio, é difícil saber. Será que o Bill Gates acha que fez um mundo melhor por que criou a Microsoft ou por que hoje ele ajuda pessoas com sua Fundação? DUVIDO que algum executivo de empresa vai dormir mais feliz por que fez um acionista da sua empresa mais rico. Mesmo por que nenhum acionista agradece isso a alguém.

É, eu sei que esse papo é maior papo de hippie e que ninguém vai querer renunciar aos seus salários por um mundo mais justo, mas se ninguém lembrar dessas coisinhas básicas para a vida, acho que a tendência do mundo é ser cada vez pior.

Vou tentar acreditar que esse papo de sustentabilidade do mundo corporativo é um início de humanização para esse meio tão obcecado por dinheiro, poder e coisas assim que não fazem o significado da vida de ninguém muito melhor.

4 Comments

  • WVX
    25 de junho de 2008 - 05:59 | Permalink

    Oi ClaudiaLegal que vc comentou la no blog sobre o post do “MacDonalds Green”, alguns sites publicaram o artigo http://itsgreendesign.blogspot.com/2008/06/mcdonalds-gree.html: )

  • Orlando
    27 de junho de 2008 - 16:32 | Permalink

    Claudia,Sbore organizações e sustentabilidade.Vejo que é uma questão de competitividade / lucratividade, mas principalmente uma questão política. Neste ponto, a força da mídia social pode se revelar e dar resultados. Quero acreditar.Abraço

  • Claudia Chow
    7 de julho de 2008 - 22:14 | Permalink

    Será mesmo q a mídia social tem todo esse poder? Vamos comecar do pricipio o q seria mídia social pra vc?

  • Orlando
    8 de julho de 2008 - 20:37 | Permalink

    Nossa!!!!!! Vc é psicanalista também?!!Brincadeirinha.O estilo socrático é interessante e desafiador. Resposta para primeira pergunta: Penso que sim!Resposta para a segunda pergunta:Vejo “Mídia Social” como um nomezinho que vem sendo repetido em alguns lugares atualmente e que serve para, entre outras coisas, denominar estes espaços interativos/colaborativos de publicação de informação na internet: blogs, redes sociais, wikis etc.

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content