Mais um exemplo

Pra quem acompanha o blog desde o início do ano uma notícia dessas não surpreende: Presidente do Equador ataca Odebrecht e ameaça expulsá-la do país.

Pra você entender por que falo isso leia esse e esse post.

A última notícia do assunto no Equador é que a Odebrecht propôs uma perícia independente. É assim que eles fazem, como no buraco do metrô contratam uma perícia “independente” paga por eles e adivinha o que ela diz? Foi uma fatalidade, ou uma “supresa geológica” e coisas do tipo.

Bom, se alguém em algum momento duvidou do que eu contei aqui nos posts anteriores acho que agora pode começar a acreditar, afinal, se nem o serviço deles de engenharia eles tem conseguido fazer convincentemente, será que se preocupariam com as condições de trabalho de uma subcontratada?

3 Comments

  • João Carlos
    20 de setembro de 2008 - 16:18 | Permalink

    (Só para constar, não consegui ler o post do segundo \esse\). No mais, comentar o que?… Basta ver as obras da mesma empreiteira aqui no Brasil, mesmo…

  • Claudia Chow
    20 de setembro de 2008 - 16:25 | Permalink

    João, já consertei o erro do link! 😉 Obrigada.
    Pelo menos alguém resolveu mostrar o quão “legais” eles são, aqui no Brasil ninguém tem coragem.

  • André Luiz Naves Silva Ferraz
    26 de setembro de 2008 - 17:50 | Permalink

    Clau,
    Toda moeda tem duas faces.
    O governo equatoriano está desesperado para ganhar o referendo da nova Constituição (as pesquisas mostram uma luta acirrada com o NÃO ganhando por curta vantagem).
    O discurso de anúncio da intervenção na Odebrecht foi feito em Guayaquil, cidade de maioria oposicionista, e o teor ufanista dos pronunciamentos (já questionados na Corte Interamericana de Justiça) mostra que de “verde” ou justo, o ato de Rafael Correa, não tem nada.
    De toda forma, a empreiteira não é santa e tem sua parcela de responsabilidade.
    Com a palavra a investigação da Corte…
    Beijos.

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content