Alternativa para o lixo

Diante da realidade da grande maioria das cidades brasileiras, que pode ser vista no vídeo a seguir:

Veja no vídeo a seguir a alternativa lançada pela Novociclo em Florianópolis para aumentar a coleta de materiais recicláveis da cidade.

 

Como no Brasil a realidade de coleta seletiva ainda é extremamente pequena, segundo dados do IBGE – Indicadores de Desenvolvimento Sustentável – Brasil 2004, “somente 2% do lixo produzido no país é coletado seletivamente. Apenas 6% das residências são atendidas por serviços de coleta seletiva, que existem em apenas 8,2% dos municípios brasileiros.” Fazer as pessoas levarem seu lixo para trocar por pontos e assim serem recompensadas é uma ideia bastante plausível.

Até na minha cidade eu encontro lixo largado na rua… E olha que aqui é um exemplo de cidade no que diz respeito a coleta seletiva, ela existe há 20 anos e atinge 95% da população. De certa forma é triste pensar que o ser humano só se comporta bem se for recompensado…

lixo_rua Rua Pedro de Toledo, 212, São José dos Campos, SP, em 28/04/2010.

3 Comments

  • 29 de abril de 2010 - 19:24 | Permalink

    Claudia, você mora em SJC? Me escreve.

  • 20 de maio de 2010 - 04:22 | Permalink

    Olá! Gostei muito do blog! Este post, aliás, atraiu a minha atenção, visto que, em meu blog, apresento soluções para o problema do lixo.
    Sou o Dr. Limpeza, um médico preocupado com as questões de saneamento e saúde. Como cidadão, procuro trazer à tona questões políticas para a melhoria do nível de saúde dos brasileiros. Empenho-me em causas sociais para a elevação da qualidade de vida das pessoas de baixa de renda, propondo novas soluções e apoiando o engajamento para a criação de políticas públicas que visem às condições básicas de bem-estar social.
    Se puder, visite meu blog: http://www.drlimpeza.blogspot.com
    Ficarei muito feliz com a sua visita!

  • 1 de junho de 2010 - 17:41 | Permalink

    legal mesmo essa iniciativa. mas em são paulo as cooperativas de reciclagem nem dão conta do que é recolhido… como se soluciona isso?

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content