>

O costume de pessoas que Latinizam seu nome era outrora bastante comum. Dos homens de Oxford, que frequentemente escreviam seus nomes em Latim, os seguintes me vêm à lembrança: Andrew Borde, Andreas Perforatus; Nightgale, Philomelus; Bridgewater, Aquapontanus; Gayton, De Speciosa Villa; Turberville, De Turbida Villa; Flood, De Fluctibus; Holyoke, De Sacra Quercu; Payne Fisher, Paganus Piscator; e John Aubrey, Joannes Albericus
— William Keddie [editor], Cyclopaedia of Literary and Scientific Anecdote, 1854

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *