Darwin abalado

charles-darwin

Em seu diário de viagem, Darwin relata uma experiência sísmica enquanto estava no Chile:

20 de Fevereiro — Dia memorável nos anais de Valdívia, pelo mais severo terremoto experimentado pelos seus habitantes mais antigos. Aconteceu de eu estar na praia, deitado no mato para descansar. Veio subitamente e durou dois minutos, mas o tempo pareceu muito maior. O tremor do solo era muito sensível. As ondulações apareceram ao meu companheiro e a mim como vindas do leste, embora outras proviessem do sudoeste. O que demonstra o quão difícil é perceber a direção dessas vibrações nesses casos. Não tive dificuldade de me levantar, mas o movimento me deixou quase zonzo. Era como um movimento de um barco num mar meio ondulado, ou mais ou menos como o sentido por uma pessoa esquiando sobre gelo fino, que parte-se sob o peso de seu corpo. (mais…)