Neurônios-bomba

Sob certas circunstâncias, existem células que apresentam um comportamento auto-destrutivo e acabam sendo atacadas pelo próprio organismo. Uma pesquisa com neurônios de ratos mostra como isso pode ser impedido. Algumas pessoas apresentam um comportamento auto-destrutivo. Não importa quão bem pareçam, elas sempre acabam fazendo coisas arriscadas — intencionalmente ou não. Leia mais…