“O Napoleão das Neuroses”

Lembrado como pai da neurologia francesa, Jean-Martin Charcot seria hoje motivo de chacota por sua fé na histeria como raiz de qualquer problema feminino — da insônia às denúncias de abuso sexual. Por Romeo Vitelli, no Providentia. Tradução de Renato Pincelli. Durante a maior parte da História — e especialmente ao longo Leia mais…

Fala, Pitangueira

As árvores falam, mas não é preciso ser um poeta feito Drummond para saber ouvi-las — basta observá-las bem de perto. Numa crônica clássica, Carlos Drummond de Andrade bate um papo com uma amendoeira — sua “árvore-da-guarda” — e percebe que, como ela, está a outonear. Como as folhas amarelecidas e Leia mais…

Fóssil oncológico

Ao notar uma anomalia num fóssil de dinossauro, pesquisadores descobriram que uma doença que afeta crianças até hoje já existia há milhões de anos Lidar com um tumor não é fácil. Agora imagine enfrentar um câncer sem qualquer acesso a tratamentos médicos e nenhuma noção do que causa as dores Leia mais…

Joia Cerebral

Negro, brilhante e disforme, um fragmento mineral descoberto perto de Pompeia teria sido formado a partir do cérebro de uma vítima da erupção do Vesúvio Na manhã de 24 de agosto de 79, quando o Monte Vesúvio explodiu, o guardião do Collegium Augustalium ainda estava na cama [1]. Seu corpo seria encontrado Leia mais…

Como se desfazer da PFAS?

Classe de substâncias que combinam carbono e flúor, a PFAS é extremamente útil mas também gera uma poluição intratável. Novas abordagens estão sendo pesquisadas nos EUA. PFAS. Você provavelmente nunca ouviu falar nessa sigla (que não é partidária), mas provavelmente já deve ter usado um de seus componentes no dia-a-dia. Leia mais…

A botânica absurda de Edward Lear

Ilustrador da Sociedade Zoológica de Londres e do Museu Britânico, Edward Lear criou uma série poesias nonsense, muitas inspiradas em sua carreira científica No mundo pré-fotográfico, os cientistas dependiam de artistas para fazer registros de animais, plantas ou paisagens. Museus e sociedades científicas tinham seus próprios artistas especializados, que ganhavam Leia mais…

120 anos de cucas fundidas

No fim do século XIX, um cientista alemão descobriu algo que só agora está sendo explicado: uma substância química com três pontos de fusão Emil Fischer estava estudando a reatividade da fenilhidrazina em 1877 quando, pela primeira vez, sintetizou uma substância chamada acetaldeído fenilhidrazona (APH, na sigla em inglês). Dezenove Leia mais…

Skip to content