Em uma palavra [383]

jarrete (jar.re.te) s.m. 1. Anat. parte de trás da perna, oposta ao joelho. 2. Zool. nos bois e nos cavalos, é o nervo ou tendão da perna. jarreteira, s.f. liga elástica usada junto ao jarrete para segurar as meias. [do francês jarret]

Em uma palavra [375]

gablete (ga.ble.te) s.m. Hist. Arq. parede triangular construída sobre um arco, porta, portal ou janela com finalidade decorativa; especialmente comum na arquitetura gótica (sécs XII-XVI), sobretudo em igrejas. [do francês gablet]

Em uma palavra [349]

simum (si.mum) s.m. Meteor. vento quente que sopra do centro ao norte do continente africano, capaz de provocar tempestades de areia no Deserto do Saara; também conhecido como samiel. [do francês simoun]

Em uma palavra [311]

coruchéu (co.ru.chéu) s.m. Arq. Hist. torre pontiaguda situada no alto de um edifício antigo, como uma igreja ou castelo; agulha: “raio destrói coruchéu do século XV”. [do francês clocher = campanário]

Em uma palavra [305]

listel (lis.tel) s.m. 1. moldura menor e mais simples, que acompanha outra maior e mais elaborada; filete. 2. círculo em relevo ao redor das moedas; borda.  3. Arq. moldura saliente do corpo de uma coluna. 4. Herald. pequena faixa que se coloca sob os brasões de armas e porta o grito de guerra, o nome de […]

Em uma palavra [240]

cotão (co.tão) s.m. 1. penugem da casca de alguns frutos (pêssego, kiwi); 2. fiapo que se solta dos panos, farrapo; 3. bolota de material têxtil e sujeira que se forma no interior de bolsos ou móveis sem uso ou que não são limpos. [do francês coton = algodão]

Em uma palavra [239]

flajolé (fla.jo.lé) s. m. 1. tipo de flauta formado por peça única, com quatro orifícios para os dedos e dois para os polegares; embora tenha origem medieval, foi mais usado entre os sécs. XVII e XIX, ora para imitar o canto dos pássaros, ora para tocar música dançante. 2. pequeno instrumento de sopro; flautim. [do […]

Em uma palavra [228]

tamis (ta.mis) s.m. [Farm., Quím.] espécie de peneira de seda, de malha bastante estreita, usada para refino de substâncias sólidas em farmácia ou em laboratório. tamisar, v. t. d. passar pelo tamis; depurar, esmeirar, peneirar. tamisação, s.f. ato ou efeito de tamisar; depuração, refino. [do francês tamis]

Em uma palavra [227]

colmatar (col.ma.tar) v.t. [Agr.] elevar e fertilizar terreno baixo e estéril por meio de acúmulo de lama ou argila de rio ou lago; aterrar: “os invasores foram logo colmatando os fundos da fazenda abandonada”. colmatagem, s.f. esse processo de fertilização por aterro. colmatador, s.m. que ou quem colmata. [do francês colmater e colmatage]

Em uma palavra [215]

passamanes (pas.sa.ma.nes) 1. s.m.pl. enfeite, ornamento têxtil; fitas, galões, cordões ou tecidos ornados de prata, ouro e/ou seda: “a nova coleção apresenta vestidos repletos de passamanes”; 2. s.m. que ou aquele que fabrica ou vende passamanes; passamaneiro. passamanaria, s.f. 1. indústria ou comércio de passamanes. 2. conjunto decorativo de passamanes. [do francês passements]

Próxima página »
Skip to content