Em uma palavra [204]

grimpa (grim.pa) s.f. 1. a parte mais alta; cume, topo, ápice: “o pássaro se escondeu na grimpa do pinheiro”. 2. por ext., cabeça, cocoruto: “levantar a grimpa”. 3. pedaço de metal móvel que indica a direção do vento num cata-vento:  “o vento grimpava na grimpa grimpada”. Há dois verbos grimpar Leia mais…

Em uma palavra [192]

plaquê (pla.quê) s.m. 1. lâmina de metal mais ou menos delgada e geralmente de aparência dourada, com a qual se revestem certos objetos ou ornamentos de metal ordinário; metal ordinário usado na fabricação de objetos de adorno, imitando objetos de ouro; ouropel, ouro falso, bijuteria. 2. gír. no Brasil, o Leia mais…

O museu de perfumes

As memórias mais intensas, dizem, são despertadas por aromas. O que é irônico pois aromas são, por sua própria natureza química, efêmeros. Você não pode simplesmente ir a um museu e descobrir, digamos, como era o odor da colônia usada pela sua bisavó ou o último perfume de Napoleão Bonaparte — a não ser que você esteja na França, mais precisamente em Versalhes, mais precisamente na Rue du Parc de Clagny, nº. 36, de preferência numa quarta-feira. (mais…)

Em uma palavra [169]

babovismo (ba.bo.vis.mo) s.m. Sociol. modelo sócio-econômico divulgado pelo jornalista e revolucionário francês François Noël “Gracchus” Babeuf (1760-1797), que pregava a absoluta igualdade dos homens em termos de trabalho, direitos e deveres. babovista (ou babofista ou babuvista), adj. seguidor de Babeuf. [do antropônimo Babeuf] O babovismo (ou babofismo ou babuvismo) foi, Leia mais…

Em uma palavra [166]

organoléptico (or.ga.no.lép.ti.co) adj. 1. relativo ao uso dos órgãos dos sentidos. 2. Quím. relativo às qualidades (cor, sabor, odor e textura) de uma substância ou elemento que estimulam os órgãos sensoriais. 3. Farmac. diz-se do medicamento que se toma por via oral. [do francês organoleptique, a partir das raízes gregas Leia mais…

Em uma palavra [153]

brulote (bru.lo.te) s.m. 1. Náut. navio ou barco não-tripulado, carregado de material inflamável ou explosivos, e que era incendiado antes de ser lançado contra embarcações inimigas; navio-fogo, navio-bomba. 2. por extensão, indivíduo notório por suas opiniões incendiárias; pessoa bombástica. [do francês brûlot]

Em uma palavra [139]

malaxar (ma.la.xar) v. t. amassar uma substância para fazer emplastro; amassar para homogeneizar; dar ou fazer massagem em; fatigar. Mesma conjugação de relaxar. [do francês malaxer, deriv. do lat. malāxare; cp. com o gr. malássein = debilitar, abrandar, suavizar; e malakós = mole]

Em uma palavra [139]

sage (sa.ge) adj. 2g. (em desuso) aquele que sabe muito, sábio, sapiente; aquele que vive sem as ambições e as inquietações que perturbam a existência do homem comum; filósofo, mentor, mestre; prudente; virtuoso. sagez ou sageza, s.f. qualidade do caráter sage. [do francês sage = prudente ou razoável; compare com Leia mais…

Skip to content