A ereção de 100 milhões de anos

harvestman-preserved-amber-2

Não existe maior estraga-prazer que falecer em pleno coito. Pior ainda é ter seu último momento de tesão eternizado por milhões de anos num fóssil. É o caso de um infeliz aracnídeo do sudeste asiático, descoberto e identificado justamente por sua exibição de vigor sexual após um encontro fatal com âmbar. (mais…)

Em uma palavra [91]

dinoteriano (di.no.te.ri.ano) adj. (Paleont.) relativo aos dinotérios, grandes mamíferos pré-hitóricos do gênero Deinotherium, aparentados dos elefantes; por extensão, algo ou alguém muito grande; elefantino. [do grego dheinos = terrível + therios = fera, cf. com dinossauro, lagarto terrível] Dinotérios tinham entre 3,5 e 4,5 metros de altura (alguns espécimes têm Leia mais…

>Apetite Paleontológico

> “William Buckland segurando o crânio de uma hiena das cavernas” (1833) Pioneiro da ciência paleontológica, William Buckland (1784-1856) era um cara no mínimo estranho. Entre outras esquisitices, Mr. Buckland fez a primeira descrição completa de um fóssil de dinossauro, cunhou o termo que designa as fezes fósseis [coprólito, lit. “cocô empedrado”], e Leia mais…