O curioso caso das baratas magnéticas

A descoberta de que baratas vivas e mortas têm propriedades magnéticas bem distintas pode ajudar bioengenheiros a projetar novos sensores magnéticos.   [Tradução de “The Curious Case of Cockroach Magnetization”, publicado na MIT Technology Review] Os pássaros são o exemplo mais conhecido de criaturas capazes de sentir campos magnéticos e Leia mais…

As reviravoltas em torno de KIC 8462852

TabbyStar

Concepção artística de KIC 8462852 segundo a hipótese da nuvem de cometas

Nos últimos meses uma estrela tem causado polêmica na comunidade astronômica e vem sendo reportada com estardalhaço na mídia. KIC 8462852 é o nome da estrela que se tornou alvo de especulações quando uma astrônoma revelou seu padrão de luminosidade, considerado irregular e inexplicável. Não demorou muito para aparecer uma hipótese de que o comportamento do astro fosse reflexo da presença de uma civilização extraterrestre bastante avançada em suas imediações. Pesquisas mais recentes mostram que não é para tanto. (mais…)

Macro, escura e massiva

Uma galáxia-anã em formação, há cerca de 7 bilhões de anos. Estrelas em amarelado, gás em ciano e matéria escura em tons avermelhados. [imagem: Bourke e Duffy/International Centre for Radio Astronomy Research, via scienceillustrated.com.au]

Ela está por toda parte, permeando o universo. Mas não a enxergamos, não podemos tocá-la e assim não sabemos do que é feita. Dos efeitos sabemos: ela compõe aproximadamente 27% do Cosmos (a matéria ordinária só ocupa 5%), mantém as galáxias coesas e não interage com a luz. Por isso, e na falta de nome melhor, a chamamos de Matéria Escura.

Há três décadas, os melhores físicos do mundo tem quebrado a cabeça para entendê-la. Construímos aceleradores de partículas cada vez maiores para buscar partículas cada vez menores. Será que esse foi o caminho certo? Quem levanta a pergunta são dois jovens físicos teóricos e professores de Física de uma universidade da África do Sul. (mais…)