V.3, N. 2, 2017

Como um tronco ou um osso vira pedra? (V.3, N. 2, 2017)

Quem já não se deparou com uma pedra (rocha) que um dia formou parte de um dinossauro ou era a rama mais alta de uma árvore? Visitando um museu ou mesmo no campo? Pois bem o processo que converte os restos orgânicos (vegetais, animais, bacterianos, etc.)...

Coerção aspectual: uma abordagem linguística da percepção do tempo (V.3, N. 2, 2017)

 Escrevi este post para tentar explicar, de forma simplificada, o conteúdo de minha tese de doutorado defendida em 2015 na UFRJ e outorgada com menção honrosa no Prêmio Capes de Tese em 2016. Infelizmente será difícil escapar dos principais termos técnicos, mas todos eles estão devidamente explicados...

Avaliação crítica do problema da edição do genoma humano, pt.2 (V.3, N. 2, 2017)

No artigo primeiro da Lei de Biossegurança do Brasil se lê que ela estabelece “normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a pesquisa, a comercialização, o...

Montanha-russa: a física a serviço da adrenalina (V.3, N. 2, 2017)

 A amiga Carol Mantovani, do blog Nas Asas do Dragão, fez um post super didático e interessante sobre o que acontece com o nosso corpo quando estamos diante de uma Montanha-Russa.  Aproveitando a ocasião, o Ciência Nerd resolveu explorar este mesmo tema, mas do ponto...

Montanhas-russas: você encara ou foge? (V.3, N. 2, 2017)

Após uma experiência sensacional que tive ao visitar um parque de diversão durante as férias, a viagem Nas Asas do Dragão também acabou ganhando uma parada especial. Hoje vamos passear pelo fantástico mundo das montanhas-russas para desvendar o que acontece com o nosso corpo quando...

Avaliação crítica do problema da edição do genoma humano (V.3, N. 2, 2017)

Para poder avaliar a questão da edição do genoma humano desde uma perspectiva filosófica devemos em primeiro lugar evitar o dogmatismo, essa doença. As duas formas mais correntes de dogmatismo neste contexto são o “bioconservatismo” e o “tecnoprogressismo”: aquele consiste em contrapor natureza e tecnologia endeusando a natureza e argumentando...

Skip to content