cultura

Identidade, cultura e música em dias de sol (V.5, N.7, 2019)

Cotidiano A aridez do concreto da sala, com seu chão cinza e as paredes brancas, a escrita mediada pelo teclado… O insípido ambiente não parecia propício para as ideias fluírem e falar sobre identidade, resolvi tomar o último gole de café, antes de esfriar e...

Ser humano: determinações biológicas e culturais (parte 1) (V.5, N.5, 2019)

Para o post de hoje eu havia pensado em problematizar sobre a questão “Quem é o ser humano?”, seja a partir da biologia, ou da cultura, esta é uma das questões principais e mais difíceis de se responder de forma objetiva e simples – como supostamente...

Acordes e afetos (V.5, N.5, 2019)

Vimos no artigo anterior o processo de formação das tríades maiores e menores a partir da série harmônica e como isto pode ter influenciado a constatação de estados afetivos que estes acordes remetem aos ouvintes.

“Job do dia”: o funcionamento do inglês no português brasileiro (V.5, N.4, 2019)

Alguma vez você já ficou na bad porque depois do workshop do seu job não teve Happy Hour? Ou quem sabe você já foi no shopping na black friday, mas nada estava dentro do seu budget e você acabou indo tomar uns shots com o seu crush no seu pub favorito, aquele datezinho top… E por acaso alguma vez você já pensou em como...

Somos pós-modernos (V.5, N.3, 2019)

Somos pós-modernos por nos permitirmos olhar para o passado e para tudo o que foi feito; de olhar para o presente e buscar entender o que estamos fazendo, mesmo que isso implique em repetir atitudes, posições ou conceitos ditos modernos.

2019: ano internacional das línguas indígenas (V.5, N.3, 2019)

Somos acostumados, desde muito pequenos, a comemorar no dia 19 de abril o dia do índio. Essa tradição, muito frequente no âmbito escolar, vem acompanhada de rostos pintados, cocares confeccionados, e toda sorte de caracterização que nos remeta, mesmo que de forma estereotipada, aos povos...

Em nome da cultura me retiro do Prêmio Strega, por Pier Paolo Pasolini (tradução Cláudia Alves) (V.4, N.10, 2018)

Em 1968, o escritor italiano Pier Paolo Pasolini decidiu se retirar de um dos maiores prêmios literários da Itália (senão o maior) por não concordar com a forma como a produção literária vinha sendo tratada em seu país. Sua maior crítica estava relacionada à transformação...

Skip to content