A corrida da humanidade contra as Mudanças Climáticas?

Eu tenho certeza que as mudanças climáticas estão acontecendo e que isso está tentando gerar uma mobilização da humanidade para minimizar os impactos que essas mudanças causarão. Mas veja bem, minimizar os impactos, porque eu não acredito que o ser humano vai ser capaz de reverter o processo de alteração climática do Planeta, o máximo que vamos conseguir é minimizar os impactos, se conseguirmos…

Os dados do IPCC são os seguintes: se a temperatura global aumentar mais de 2º C, estima-se que entre 0,7 e 4,4 bilhões de pessoas sofrerão de crescente falta de água; que haverá queda de rendimentos agrícolas em muitos países pobres; que as florestas amazônicas serão irreversivelmente comprometidas; que de 15 a 40% das espécies se extinguirão; que geleiras desaparecerão; que o derretimento da placa de gelo da Groenlândia acelerará a elevação do nível do mar; e que o permafrost siberiano exalará seu imenso estoque de metano (CH4), gás-estufa bem mais furioso que o CO2.

Ótimo, alarmante, vamos todos investir milhões de dólares e euros para que isso não ocorra (minha opinião é de que isso é impossível). Mas o que mais me intriga é: suponhamos que a Terra não estivesse sofrendo alterações climáticas, suponhamos que o clima do planeta estivesse como sempre esteve, estável e sem maiores alterações. Por um acaso alguns milhões de pessoas não continuariam sofrendo por falta de água? As florestas amazônicas não continuariam sendo sistematicamente destruídas? A biodiversidade não estaria comprometida? Talvez as geleiras não tivessem a possibilidade de derreter, os rendimentos agrícolas não estariam comprometidos ou o CH4 do permafrost não estaria nos ameaçando, mas os problemas que serão piores com as mudanças climáticas estariam acontecendo do mesmo jeito…

De verdade, você acha que faz diferença para os EUA se ontem tínhamos meio milhão de pessoas sem água e amanhã teremos meio bilhão? Pra mim é preocupante se temos 1 pessoa no mundo sem acesso à água, mas para os países ricos que pouco fizeram até hoje para diminuir de verdade a pobreza no mundo, esse número faz alguma diferença?

É notável que as ações para diminuir as conseqüências das mudanças climáticas tem sido mínimas diante dos problemas que virão, mas isso só reflete o que o mundo sempre fez sobre o assunto, não acredito que vá acontecer um milagre e de repente o fato do número de pessoas vivendo sem água no mundo dobrar vá fazer as ações serem mais efetivas.

Posso estar sendo pessimista, mas a realidade é: pra mim, pra você que está diante de um computador lendo isso as mudanças climáticas não farão muita diferença, provavelmente vamos pagar mais caro por uma variedade menor de comida, vamos gastar mais com energia e água potável, vamos sentir mais calor, mas ninguém aqui vai morrer, talvez se houver uma epidemia? Talvez… O problema é que as conseqüências das mudanças climáticas vão afetar mais quem já sofre hoje e essas pessoas são as que estão mais distantes das pessoas que realmente podem fazer alguma coisa pra mudar esse quadro. E convenhamos, as pessoas que realmente podem fazer alguma coisa são as que menos se preocupam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content