Impressões da Campus Party Brasil 2008

Confesso que quando soube da realização do Campus Party Brasil achei a idéia bastante interessante, mas pouco me interessei em participar porque achei que não teria muita coisa sobre sustentabilidade/ meio ambiente por lá. Quando veio o convite do Planeta Sustentável para comparecer achei que seria intrigante ir a um evento de tecnologia com meus olhos “verdes” e se um site como eles estavam indo, eu não me sentiria tão sozinha.

Bom, de verdade a perspectiva verde do evento não me supreendeu, antes do início do evento li no site deles o que seria o Campus Verde e não esperava nada mais que algumas palestras sobre o assunto e só. E realmente de verde e sustentável foi só o que aconteceu.

Como eu estive por lá somente 2 dias e não foi o dia todo acho que tenho pouca propriedade para falar de algumas coisas, como por exemplo qualidade das palestras realizadas, mas uma coisa que me surpreendeu foi ver uma palestra sobre blogs super básica, exatamente ensinando como fazer um blog (numa área chamada Campus Blog que estava reunindo blogueiros de todo o Brasil, inclusive alguns profissionais na minha opinião) e nenhuma palestra relacionando ações do dia-a-dia e o meio ambiente ou sobre consumo responsável, por exemplo. Talvez eles não sabiam como eu pude perceber no post anterior, que a galera precisa de muita informação sobre meio ambiente ainda.

O que fica do Campus Party é o que melhorar para a próxima edição, pelo menos no que toca ao assunto meio ambiente, o que eles chamam de Campus Verde. Uma ação primordial é a conscientização da galera sobre o que o meio ambiente, sustentabilidade, mudanças climáticas tem a ver com tecnologia e suas ações individuais. Outro ponto relevante são os cuidados que o evento deve ter em relação à coleta de lixo, que tipo de gerador utilizar, que fornecedores escolher. Acho que se esses aspectos forem levados a sério estamos caminhando para um evento mais consciente.

Pra mim uma lição importante foi de que fazer um evento que aborda o assunto meio ambiente, mas não é o assunto principal precisa vir junto de comunicação e conscientização do público, senão vai passar batido e ninguém vai perceber a importância do tema. E as pessoas que estão realmente interessadas vão se decepcionar com a abordagem.

E acredito que o mais interessante da Campus Party com certeza é a interação que se faz com as pessoas, isso sem dúvida nenhuma é o que todos que foram levam de mais positivo e importante. Nesse papel o evento não peca em nada.

3 Comments

  • Débora Menezes
    17 de fevereiro de 2008 - 19:37 | Permalink

    Pois é, colega! E esse assunto, gestão ambiental de eventos, rende matéria hein! Bjs e entre em contato pra trocarmos idéias e reportagens.

  • Flávio Vieira
    17 de fevereiro de 2008 - 20:12 | Permalink

    Obrigado pelo comentário! Espero mais visitas! Vou te linkar de lá, pois gostei do teu site!Abraços!

  • Paula Signorini
    18 de fevereiro de 2008 - 00:08 | Permalink

    É Claudia…Espero que a sustentabilidade seja maior no próximo CP…

  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Skip to content