>

Em 1896, os pescadores Frank Samuelsen e George Harbo se cansaram daquela vida litorânea em Nova Jersey (não existia Jersey Shore naquela época) e decidiram fazer algo para ficar na História. Eles resolveram cruzar o Oceano Atlântico remando em um bote. 
No dia 6 de junho eles zarparam de Battery a bordo de Fox, um bote de 18 pés. Levaram apenas uma bússola, um sextante, um exemplar do Nautical Almanac e um par de capas de chuva. Devem ter levado umas varas de pescar também, para se alimentar. Samuelsen e Harbo alcançaram as Ilhas de Scilly, na Inglaterra, após remar por 55 dias — um recorde que ainda não foi derrubado.
Ironicamente, enquanto eles voltavam para casa em um vapor, o carvão do navio acabou. A dupla não teve dúvidas: lançou o Fox ao mar e remou de volta até Nova York.

0 comentário

Anonymous · 26 de fevereiro de 2011 às 12:53

>Uma equipe de quatro homens quebrou um recorde de 114 anos ao atravessarem o Oceano Atlântico em menos tempo, de Nova York, nos Estados Unidos, até as Ilhas Scilly, na Inglaterra. O grupo chegou às Ilhas Scilly no sábado, após 43 dias, 21 horas, 26 minutos e 48 segundos de viagem.Liderada pelo escocês Leven Brown, a equipe deixou Nova York no dia 17 de junho. Os quatro homens remaram 5,25 mil km pelo oceano até o território britânico. O recorde anterior era de 55 dias e 13 horas, estabelecido em 1896 pelos pescadores noruegueses George Harbo e Frank Samuelsen.

rntpincelli · 26 de fevereiro de 2011 às 13:05

>É verdade, segundo a National Geographic. Mas há controvérsias.Leven Brown atravessou o Atlântico em 43 dias, mas em um bote de 23 pés e com outros três homens. Quatro contra dois é covardia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *